Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








“A” diferença


O que separa o homem da mulher

é apenas um pequenino "A"

O Homem quer pegar

A Mulher quer apegar.

6 comentários:

Claudia Alencar disse...

Recebi por e-mail do cineasta Claudio Maria Valent:
Vc é extraordinária, delicada, elegante na sua ex-amargura e na luz re-encontrada. É que, tantas vezes, les choses de la vie, essa puta vida, nos fazem esquecer tudo aquilo - um milagre, um paraiso, um grande brilho - que temos dentro de nós. Adorei!

Claudia Alencar disse...

Recebi da Ingra Liberato, esse belo comentário:
Li seus textos e amei .Como você fica linda desnudando sua alma e colocando a vista de quem quiser seus desejos, suas dúvidas...é uma inspiração pra todas nós! Parabéns por mais esse talento, amiga!

Livro disse...

Depois de você, muita coisa aconteceu. Não só pelo ar que você respira, mas pelo espaço que você ocupa com a sua inteligência, gentileza, ternura, carinho e uma amizade que não se pode medir. Porém, nós somos barcos que ancoramos em portos determinados. Quem manda, é a nossa vontade. Um beijo na sua imensa alma! Seu amigo, Saint-Clair Avelar

Grazi Aronovich disse...

aacho suas poesias lindas, mas esta diferença entre pegar e apegar, não é propriedade de mulheres ou homens, é uma propriedade de cada personalidade.as generalizações são instrumentos de separação,não de agregação. e o melhor é sempre agregar, mesmo nas diferenças.

MANO MELO II disse...

Claudia Alencar fala de coisas profundas como uma criança brincando, sem firulas. Beleza com simplicidade, uma mistura dos deuses.

Ana Cecília Vidaurre disse...

OLá Claudia,
sou Ana Cecília, fizemos a inauguração da Maxvision Leblon, lembra?
que ótimo saber que vc agora tb é uma inteirativa.
Poesia deixa a vida mais doce!!
bjos