Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








Bom fim de semana

Nossa colunista Sônia Araripe me enviou um vídeo de um fantástico coral eslovêno cantando música brasileira, (sim, da Eslovênia!) cantando a nossa Aquarela do Brasil.

Por coincidência hoje fui à um almoço e tinha uma eslovêna, que ama a música brasileira e, segundo as amigas, dança como uma passista de escola de samba.

Este pequeno país do Leste Europeu gosta mesmo do nosso ritmo e para conferir fiquem com 0 coral.

Miopia financeira


27/08/09

Sônia Araripe

Outro dia, Grazi postou aqui sobre deslizes na área médica na novela Caras&Bocas (role para baixo que não está longe).
Pois apesar de eu já ter dito que não assisto mais Caminho das Índias (Are, baba, risos), Tia Ziloca, aposentada de Copacabana, como outros milhões de pessoas na melhor idade, ligou para se queixar.
"Num pode!", reclamou. "Esta novela está completamente fora da realidade", alertou.
Tentei acalmá-la. Expliquei que é ficção, distração, folhetim. Num teve jeito. Tia quis porque quis registrar sua queixa.
A bronca toda é porque a madalena arrependida da lindinha da Maitê Proença (linda, num é, gente?) traiu o Ricardão, digo, maridão. E aí, me contou Tia Ziloca, o amante gravou tudo e chantageou o marido exigindo R$ 500 mil.
Isso, 500 mil reais.
Detalhe que faz toda diferença, me relatou ela: meio a meio, half/half com a comparsa, a tal Yvone, a também lindinha Letícia Sabatella.

Aí, a titia ficou uma arara! Olhem que ela é professora aposentada, viúva com uma pensão de INSS, mas lê jornal, assiste todos os dias o Jornal Nacional e sabe muito bem o valor do dinheiro. Sabe todas as falcatruas recentes, na política, na economia, antenadíssima.
"Num dá! Bastava o tal Haroldo vender o carrão que já faria uma tremenda grana", sugeriu.
Sem dúvida. O carrão importado (tive que ver) deve valer uns R$ 100 mil no mínimo.
Ele até vendeu, mas num deu quase nada..E o fulano traído foi pedir pedir um empréstimo para o bonitão do Vitor Fasano, alto executivo da mesma firma Cadore e ele levou um susto como se fosse um garoto no seu primeiro emprego e salário de réis...disse que não tinha tanto dinheiro.
Sem saída, Haroldo - um bem sucedido executivo - recorreu ao banco e levantou só R$ 200 mil!!

Tia Ziloca diz que deve ser um problema de timing, com a Glória Perez ainda pensando na crise da bolsa de valores - e titia sabe, porque tem ações do BB que a bolsa está se recuperando - ou falta mesmo de assessoria para a autora.
E, por último, lembrou titia, que vigarista internacional aceitaria reais e não dólares?? Ou euros que estão mais valorizados?
"Se ainda fossem 5 milhões de dólares ou 1 milhão de euros, o que fosse. Mas 500 mil reais é pouco até na nossa conversinha light aqui na biriba da Serzedelo Corrêa", se queixou. "Só faltou ele aceitar tíquete refeição", conclui. E Tia Ziloca confessou que vai até o fim da novela - em breve - só de raiva. Já sabe que os mistérios - vários - serão desvendados só nos capítulos finais. Suspendeu os cursos na Bolsa de Valores, as matinês do teatro e as idas às biribas com as amigas prá ver como será.

É tia.... por estas e outras prefiro ler um livro ou fazer Sudoku. Como é? Você num sabe o que é Sudoku ou já ouviu falar mas num se apaixonou ainda? Cai na real! Relaxa mais do que assistir novela que confunde real com dólar ou mil com milhão.

UM SENADOR... DE VERDADE


É isso aí, morreu Ted Kennedy um Senador... de verdade.

Sua postura política sempre foi pautada na ÉTICA palavra desconhecida da maioria de nossos senadores, com s minúsculo mesmo, é o que eles merecem.

Honrando a tradição familiar de lutas pelos direitos humanos, ele nunca se amedrontou com ameaças, mesmo com o estigma dos assassinatos de seus dois irmãos John F. e Robert Kennedy.

Ted Kennedy era um homem... de verdade, até problemas sentimentais fazem parte de sua biografia. Lembram do acidente e morte de sua secretária quando voltavam de um passeio? Foi lamentável e ele ficou visivelmente abalado e envolvido. A opinião pública compreendeu o drama por ele enfrentado e separou o homem público, sério e íntegro do homem jovem e vibrante que se envolveu com a secretária... Fazer o que? Quem atira a primeira pedra?

Ele continuou lutando pelos direitos sociais, com seriedade, eticamente e, seu último envolvimento político foi com a candidatura de Barack Obama.

Uma prece para Ted Kennedy, um SENADOR... DE VERDADE.

OBRIGADA! SOMOS TOP 100!

Nosso blog é um dos 100 no Prêmio TOP BLOG!!

Estamos classificados e agora aguardamos o resultado final.

Torçam!

Linda e no Controle


Quando estive em SP dei uma olhada em livros de menos de 200 páginas para ler no aeroporto e mais tarde no avião. Esse me chamou a atenção pelo titulo: "Magra & Poderosa: Um guia franco e sem meias palavras para você deixar de comer besteira e ficar maravilhosa" por Rory Freedman e Kim Barnouin. Como nutrição e' um assunto que me atrai, resolvi dar uma chance pra essa obra.
Eu já não como "besteira" (refrigerantes, salgadinhos de pacote, sorvete, embutidos etc.) então resolvi ver se estava certa nos meus conceitos ou se ainda dava para abalar algumas estruturas. Ô, e como deu pra abalar ! Eu não sabia que era um livro sobre a filosofia vegan e simplesmente amei ! A linguagem e' direta, engraçada, realista. As denuncias sobre os horrores da a bio-industria e corrupção no órgão FDA (Food and Drug Administation) são alarmantes. Não da para confiar em ninguem mesmo.

Mesmo se você não quiser adotar um estilo de vida bio e vegan, eu sugiro você considerar a leitura desse livro. Meus "snacks" passaram a ser rigorosamente frutas, as vezes nozes. Sanduichinhos e queijinhos nunca mais. E mesmo não tendo para do de comer proteina animal, queijos e ovos totalmente, dei uma significante reduzida. Dizem quem se torna vegetariano salva a vida de uns 90 e tantos animais por ano. Eu espero reduzir meu consumo a um terço disso, desintoxicar e mudar meu karma. Vamos deixar mais e mais bichinhos em paz.

Clique aqui para saber mais. E deixo voces leitoras do Inteirativa com o seguinte texto para refletir um pouco:

O homem não 'e um animal impressionante ? Mata milhões e milhões de animais selvagens para proteger seus animais domésticos e sua alimentação. Isso, por sua vez, mata milhões e milhões de seres humanos, pois a ingestão de todos esses animais provoca problemas de saúde degenerativos e fatais, como doenças cardíacas, doenças renais e câncer. Ai o homem tortura e mata outros milhões de animais na tentativa de encontrar a cura dessas doenças. Milhões de seres humanos estão morrendo, no mundo inteiro, de fome e desnutrição, pois os alimentos que poderiam comer estão sendo usados para engordar animais domésticos. Enquanto isso, alguns morrem de rir com os absurdos do homem, que mata com tanta facilidade e com tanta violência, e que, uma vez por ano, envia cartões em nome de "Paz na Terra".
Prefacio de Old MacDonald's Factory Farm, de C. David Coates.

Virgem

O sol ingressou em Virgem.
Mesmo para quem não é virginiano, ou seja, quem não tem o sol em virgem, haverá uma casa, um tema a ser olhado, talvez preenchida por um planeta que dará a qualidade da casa.
Aproveite para olhar o seu mapa e observar qual área de sua vida está mais evidenciada este mês.

Pensamento guia:

"Enquanto houver algo por fazer, nada foi feito:
não agonize, organize-se."

Luluzinhas de Bici


Eu sei, eu sei, tem essa pandemia de gripe, o mundo ta pesado, tudo explodindo numa crise mundial mas a gente tambem bloga e le blogs pra espairecer. Bom. Esse finde fui dar um rolê em Amsterdam vi essas "aburridas" aí bebendo e batendo papo ao solzinho. Gente que é isso ? Fui fazer uma foto e busquei hoje a explicação na internet. Aí que me lembrei ter visto semelhante bicicleta em Utrecht, há anos atrás. A cidade tem muitos estudantes e eles estavam celebrando o final do ano letivo numa mega bike para 10 ou doze pessoas e tinha um maluquinho no meio conduzindo o treco. Essa rosinha e' uma variante do mesmo princípio. Só que para luluzinhas. De uma olhada em http://www.fietscafe.nl/ e clique em "foto's" ou se quiser ver um slide show clica aqui rapidinho enquanto o link durar.
Esses holandeses... Meu lado viajante, visonario e empresarial de meia tigela já começa a delirar. Será que dava pra adotar tal bicicleta coletiva no Brasil ? Acho nas grandes cidade inviável, mas no interior poderia ser uma curtição ! Só não daria para ser naquelas cidades com ladeira, tipo cidades históricas de Minas, neam ? E o trequinho ainda tem um sonzinho ! Bão demais da conta sô !

Diretor de arte e escultor

Foto: Simone Marinho

Carlos Durval é publicitário, trabalhou alguns anos como diretor de arte em agências, no jornal O Globo, no departamento de criação e faz esculturas com restos eletrônicos bem legais: disquetes, capas de mouses, partes de telefones etc . São naves espaciais que inclusive estão expostas no Galpão de Artes Recicladas da Comlurb - Companhia de Limpeza Urbana/RJ.

Sua inspiração é o filme Guerra nas Estrelas.

Clique aqui para ler uma entrevista com ele e ver outros trabalhos.

O contato do Carlos é cdurval40@gmail.com

“Amigos…Uma História…”



"Durante a inauguração da exposição "Amigos...Uma história...", no museu da República, no dia 30julho2009, 25 grandes fotógrafos brasileiros baseados no Rio de Janeiro dão depoimentos a um fotógrafo amigo iniciante. A ideia, organização e curadoria são dos dois amigos de mais de 30 anos, Luis Garrido e Humberto Cesar. Entre outros temos Walter Firmo, Rogerio Reis, Marcos Bonisson, Antonio Guerreiro, Cafi, Milton Montenegro, dizendo no pé do ouvido de um fotógrafo que está começando o que esperar da carreira. Tem depoimento curtinho, longos, hermético, alegre, desiludido, incisivos, suave...São 25 e só tem fera! Divirta-se."
7 de agosto de 2009 por Paulo Marcos

As cartas que nunca chegaram....

Seu post, Soninha, me levou a remexer no baú de minhas lembranças e recordar ....

Aconteceu nos anos 50 (quanto tempo!!!) quando, ainda mocinha ao visitar parentes em Salvador, conheci um paraibano que estava completando o último ano da Faculdade de Medicina. E nos apaixonamos.

Cientes das dificuldades da época quanto a distância que nos separava traçamos os planos para o casamento.

Tudo acertado, ele veio conhecer minha família e meu pai exigiu que teríamos que ter um tempo de noivado para que os dois refletissem sobre a decisão de casar. Fazer o que? Esperar....

Era um tal de carta prá cá, carta prá lá, telefone nem pensar... imagine, na distante Piancó na Paraíba, telefonar como?

Através das cartas combinamos a data do noivado e eu ansiosa esperando.

Ele não veio e não deu mais notícias.

Tempos depois recebi a visita de um parente dele que me contou que na data que seria de nosso noivado, o pai dele faleceu repentinamente e ele teve que assumir todos os negócios da família e, não entendeu porque eu não respondi as cartas. O que aconteceu? Ele não entendeu nada. Muito menos eu.

Passado algum tempo meu ex-noivo, descobriu que uma funcionária dos correios em Piancó retinha todo nossa correspondência esperando conquistá-lo.

Restou no baú das lembranças os sonhos das cartas enviadas e não recebidas, que mudou as nossas vidas.

MARINA DEPOIS DA CARTA

Ana Cecília Vidaurre

Internet

Amigas, pensei muito hoje, pensei e pensei. Refleti porque já me sinto um pouco comprometida com as próximas eleições.

Tá na hora de elegermos uma mulher? Não podemos simplesmente achar que sim e partir pro voto sem mais nem menos.

Dilma nem pensar. Já provou que mente mais que faz...

Agora, com a Marina a gente precisa ficar bem atenta. Ex-seringueira, guerreira, forte, inteligente, coerente.

Mas, CUIDADO: ela é contra o aborto porque é evangélica.

Peraí minha gente, o Estado num tem que ser laico?? Os partidos, a política??? Ela não pode levantar a bandeira da religião nas suas ações e pensamentos.

Ir para o PV também pode parecer bacana mas ela quer a candidatura à Presidência e no PT não teria oportunidade. Cada vez mais o PV faz coligações sem pé nem cabeça e está virando um balaio de gato. Basta ver que sempre tem alguém do PV no governo estadual, seja qual for.

Pense nisto antes de sair declarando O SEU voto.

As mulheres de hoje premiadas

Quando vejo uma noite como a de terça feira com a premiação do canal Multishow para a musica brasileira, fico emocionada com a evolução em relação a nós mulheres que o mundo ainda está vivendo. E como isto fez, faz e sempre fará a diferença.
Várias mulheres premiadas, Ivete Sangalo com seu barrigão de oito meses brilhando em cima do palco (viva a Leila Diniz que liberou as grávidas para passearem tranquilas com seus ventres lindos), Marisa Monte, Fernanda Torres..
E pra coroar a época de multiplas escolhas que vivemos, a maravilhosa vovó Rita Lee!!!!
Quem diria que até alguns anos atrás, uma vovó com tudo em cima, de jeans, roqueira até o ultimo fio de cabelo, iria receber de sua netinha no palco de musica brasileira um premio?

Pois é meus queridos, o mundo mudou graças aos revolucionários que lutaram e ainda lutam por igualdades para todos os setores da sociedade.
Não tenho nada contra as tradicionais vovós e seus taiilerzinhos de lã xadres como usava uma de minhas avós, mas me sinto exultante de poder viver num mundo, onde todas as irmãs, mães, tias, avós, bizavós, podem escolher a maneira como vivem e como encaram a maneira com que o tempo chega até elas.
Liberdade para as borboletas, sejam elas belas, feias, coloridas, preto/branca, com uma, duas, três ou nenhuma asa.. liberdade, este direito tão delicado e tão significativo para todos e para todas as mulheres.

Nota Fiscal Direito ou Dever...

Tenho percebido que nós cidadãos e também os comerciantes sofrem constrangimentos absolutamente desnecessários, por falta de conhecimento sobre seus direitos e deveres. Os primeiros por terem que pedir a nota e, os segundos por serem obrigados, por algum cidadão “chato”, a emiti-la. Podemos apontar um sentimento em comum entre cidadãos e comerciantes, a descrença no governo, pois, ambos não acreditam que o dinheiro do imposto contido no valor total da nota será aplicado em serviços públicos de forma eficiente, ou pior, se será desviado por algum administrador desonesto.
O cidadão, não percebe seu papel de contribuinte, não vê contrapartida do exercício da cidadania, não assume atitudes fiscalizadoras em relação aos agentes governamentais nem em relação a empresas e profissionais autônomos. Estes, deixando de emitir documentos fiscais, apropriam-se indevidamente da parcela de seu faturamento, como imposto, que deveria ser transferida aos cofres públicos.
Primeiramente, penso ser importante informar que o Cupom Fiscal ou na impossibilidade deste, a Nota Fiscal não precisa ser solicitada a nenhum comerciante de mercadorias ou serviços (inclusive pedágio, táxi, gasolina etc.), ela é um DIREITO do consumidor e um DEVER do comerciante ou prestador de serviços. De posse dessa informação, consumidores e empresários éticos, sabedores que uma simples ação de cobrar legalidade nos atos comerciais: inibimos a sonegação, evitamos a pirataria, combatemos a corrupção dos agentes públicos e por conseqüência minimizamos os efeitos da violência decorrida dessas práticas.
Considerando o histórico de corrupção em nosso país, acredito que é necessária uma ação educativa permanente e sistemática, voltada para o desenvolvimento de hábitos, atitudes e valores, tanto por parte do governo quanto pela sociedade.
A EDUCAÇÃO FISCAL é uma ação que objetiva a conscientização da sociedade quanto à função social do tributo, ou seja, do Estado de arrecadar e prestar serviços e ao dever do cidadão/contribuinte de pagar tributos. Assegurando, assim, o desenvolvimento econômico e social. O cidadão se “apodera” de conhecimentos sobre tributos, controle e participação social, gestão pública, orçamento participativo, responsabilidades fiscal e social. É dessa forma, que, a EDUCAÇÃO FISCAL age como vacina contra a sonegação, pirataria e ilegalidade.
Entretanto, por parte do governo, sabemos que não basta um alto índice de cumprimento voluntário das obrigações tributárias, precisamos de: maior transparência e publicidade das ações governamentais; uma reforma tributária capaz de corrigir as distorções e injustiças fiscal e social; alta eficiência e maior eficácia da máquina administrativa; consulta e respeito às prioridades da sociedade quanto às políticas públicas e adequada aplicação dos recursos públicos na efetiva conversão do imposto em bens e serviços públicos. De nossa parte, nós cidadãos também temos deveres com a sociedade, de acordo com nossas competências, funções e oportunidades, além de cobrar dos governantes maior efetividade, utilizando as ferramentas disponíveis, podemos ser mais conscientes com nosso voto, opinar e participar mais das decisões políticas e administrativas locais, bem como dos movimentos sociais, utilizar os canais próprios de denúncias, tanto dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, quanto das esferas de governo. Enfim, quando nos omitimos também decidimos o futuro do nosso país, para o bem ou para o mal, a escolha é nossa.

Cartas, eternas cartas


18/08/09

Quando foi a última vez que escreveu uma carta? Tudo bem... pode ser virtual, pelo computador. Não estamos falando de mensagens, bilhetes, nada disso. Trata-se de uma carta mesmo.

Anos? Século? Pois é. Somos de um tempo, não é Angel, que os namorados escreviam cartas para as namoradas. Primos e amigas que moravam longe também se falavam através de cartas. Lembra-se Cécil? E você Anita? Guardava as cartas mais importantes em uma caixinha? Servia de madeira, de sapato bem forrada com papel colorido ou mesmo em um cantinho da gaveta.

Maria Lúcia, este post é para você. Veja que saudades dá de escrever uma boa e velha carta - daquelas redondinhas, bem completa mesmo - quando lemos a carta da senadora Marina Silva ao PT.

Clique aqui e leia no Blog da Amazônia, do colega jornalista Antino Machado, como Marina se despediu do PT, partido o qual ajudou a dar bases, que passou a fazer parte de sua vida.

Agora, parte para negociação com o PV e, se tudo der certo, fazer campanha para Presidente da República.

Novelas falando de saude podem pisar na bola!


Acho muito boas as campanhas de esclarecimentos sobre doenças e temas polêmicos de saúde em novelas. Mas é preciso ter muito cuidado pra colocar isto num enredo de maneira correta.
Em Caras e Bocas-novela das 19h da Rede Globo - a personagem Tatiana passou mal, teve um sangramento uterino. Foi para o hospital e lá o medico descobriu um nódulo no seio (?????). Primeira pergunta: quando é que um nódulo no seio causa sangramento uterino? Segundo perguntei a vários ginecologistas e mastologistas, eles nunca ouviram falar de episódio assim.
Segundo, ela descobriu o nódulo e não fez mamografia e depois uma biópsia. Vai direto pra cirurgia descobrir se o nódulo é ou não maligno. Parem tudo!!!Isto não existe!
Faz um ano tive um câncer de mama (que graças a rapidez dos médicos foi retirado e hoje estou 100%). A partir da descoberta de um nódulo, fiz mamografia, que indicou biópsia e depois com o conhecimento do tipo de tumor fomos pra cirurgia. E assim é o procedimento com todas as mulheres que tem um nódulo suspeito.
A novela está querendo esclarecer e está assustando e mal informando as pessoas.
Peço aqui, que se alguém conhece o autor Walcir Carrasco, diga a ele que está tudo errado.
E não é opinião minha ou observação leiga, é a opinião de vários especialistas em saúde da mulher.
Cuidado autores, as vezes no intuito de ajudar, erramos feio em informações contraditórias e mal fundadas.

Duelo de titãs

18/08/09

Se você só tem assistido ultimamente o Jornal Nacional e outros telejornais da Globo, te aconselho a rodar um pouco e assistir os da Record.

Réplica ou tréplica, os ataques contra a emissora Vênus Platinada são fortíssimos. Vale, a título de informação, assistir.

Mas, tanto de um lado, quanto de outro, há uma parte completamente "raivosa" e "irracional" no noticiário. Movido por pura disputa mercadológica, não devemos nos enganar. Dado este desconto, as denúncias de ambos os lados merecem ser acompanhadas e apuradas até o fim. Sem dó nem piedade.

Também tem sido interessante acompanhar a cobertura e edição de O Estado de S. Paulo e do portal do jornal. Desde que foram censurados, não podendo por ordem judicial publicar denúncias contra o filho do Sarney, a postura tem sido ainda mais firme. Eu, que já trabalhei na empresa, asseguro: é uma das empresas jornalísticas mais sérias e respeitosa com os trabalhadores (o que é raro no mercado editorial) que já conheci.

Entrevista com Lia Rodrigues


Nossa entrevistada é a coreógrafa e diretora da Lia Rodrigues Companhia de Danças, Lia Rodrigues.

Lia é paulista, mas mora no Rio de Janeiro, foi criadora e diretora artística do Festival Panorama de Dança, com produções nacionais e internacionais de dança contemporânea, ex-bailarina, já conquistou o prêmio de melhor coreógrafa em 1993, conferido pela Funarte.

Dançou com a coreógrafa Maguy Marin, na França e, de volta ao Brasil, fundou sua companhia em 1990 que hoje tem um total de vinte e três pessoas, entre funcionários e bailarinos e vem se apresentando nos principais teatros e festivais do Brasil, Europa e Américas do Sul e do Norte.

No galpão de 1200 m², que estava totalmente abandonado, e que foi reformado, em parceria com a Redes de Desenvolvimento da Maré, para abrigar um centro cultural, localizado na favela Nova Holanda, Maré, onde vivem 144 mil habitantes, é onde Lia ensaia e onde desenvolve um projeto artístico pedagógico com aulas de dança gratuitas.

Para essas atividades a Lia Rodrigues Companhia de Danças conta com parcerias importantes: Petrobras e Teatro Jean Vilar de Vitry, na França.

Entre uma viagem, uma aula, uma reunião e tarefas de casa, Lia respondeu nossas perguntas por email.

Inteirativa: Como funciona seu Centro de Artes da Maré?

Lia: O Centro de Artes da Maré é uma parceria da Companhia com a Redes de Desenvolvimento da Maré. Encontramos um grande galpão, fechado por muitos anos, e desde janeiro deste ano estamos reformando e fazendo melhorias. É lá que a companhia ensaia todos os dias, dá aulas para a comunidade e é lá também que várias atividades da REDES acontecem. É um lugar de partilha, convivência e de troca de saberes, direcionado para a formação, criação, difusão e produção das artes.

Inteirativa: Por que vc escolheu esse local?

Lia: Para criar a possibilidade do encontro da dança contemporânea com pessoas que não tem nenhum acesso a essa forma de expressão. Em 2003, Silvia Soter (dramaturga da companhia há 7 anos) me apresentou o trabalho da REDES, na Maré. Desde então a Companhia vem realizando diferentes ações tanto artísticas quanto pedagógicas. Nesses tempos em que mais e mais muros e grades são construídos, fronteiras são impostas e rigorosamente defendidas, propomos fazer o movimento contrário. Propomos mergulhar nesse espaço. Conviver em contato com outra realidade e descobrir novas formas de compartilhar e criar. E a resposta se constrói no dia a dia.

Inteirativa: Qual o impacto desse trabalho na comunidade da Maré?

Lia: O projeto que a Companhia desenvolve busca, antes de tudo, a qualidade e não a quantidade. Desde 2008 contamos com a parceria da Petrobras para a manutenção da companhia e também para o desenvolvimento do projeto 'Dança para todos' onde oferecemos aulas de consciência corporal, dança contemporânea e dança criativa para crianças. Temos uma média de 70 alunos. A Companhia também tem, entre seus integrantes, jovens dessa comunidade que fizeram formação universitária em dança, e agora integram o nosso quadro de artistas - bailarinos.

Inteirativa: Como ele é divulgado lá fora?

Lia: A Companhia está fazendo 20 anos em 2010. Já apresentamos nossas criações em vários países e é sempre uma oportunidade para falarmos sobre o que fazemos e pensamos. Esse ano ganhamos mais um parceiro: a Fundação Prince Claus da Holanda.

Inteirativa: Vc acha que o público brasileiro já está mais habituado com a linguagem da dança contemporânea? Isso evoluiu?

Lia: O publico brasileiro nunca foi um problema. O problema é a falta de um programa efetivo e consistente, por parte das instituições federais, municipais e estaduais, para a dança aqui no Brasil.Editais não configuram um verdadeiro programa.

Inteirativa: Os críticos elogiam bastante o seu trabalho, como o público tem recebido?

Lia: Tenho criticas boas e ruins também. Faz parte e é super saudável a diferença de ponto de vista. A receptividade do publico é sempre generosa, mas isso não quer dizer que todos gostem do trabalho. O importante não é gostar ou não gostar, mas sim, entrar em contato com o que está acontecendo na cena e ser afetado por isso.

Inteirativa: Como é a preparação de seus bailarinos?

Lia:Trabalhamos de segunda a sexta das 9hs às 16h. Temos aulas de técnicas diversas, ensaiamos o repertório da companhia, trabalhamos em pesquisa e improvisação.

Inteirativa: Quais os temas que despertam seu interesse para a criação das suas coreografias?

Lia: Os mais diversos. Trabalhamos algumas vezes com encomendas. Isto é, somos convidados para criar um trabalho com um tema específico como foi o caso de uma coreografia para o projeto “Fábula de la Fontaine” ou “Hymnen” para o Ballet de Lorraine , ambos na França. Outras vezes é um caminho árduo descobrir o que desejamos e precisamos falar. E então, os temas são fruto de nossas conversas e improvisações, como “Aquilo de que somos feitos”, “Formas breves” e “Encarnado”.

Inteirativa: Qual seu próximo espetáculo no Brasil e no exterior?

Lia: Estamos preparando um novo trabalho para estrear na França em novembro desse ano e aqui no Brasil no inicio de 2010. Ainda estamos em processo de criação. É uma peça para 11 bailarinos.

Inteirativa: Você dança, produz, coreografa, administra a cia, os 3 filhos. Há tempo para vida pessoal? Relacionamentos?

Lia: Vou tentando equilibrar o tempo ... e acordo bem cedinho.


Fotos Leandro Pimentel,Tatiana Altberg e Sammi Landweer

Gripe suína - como evitar

Por Dr. Marcio Bontempo, Médico Sanitarista

Press release: O médico Marcio Bontempo (CRM-DF 15458), especialista em Saúde Pública e naturopata, alerta como as pessoas adquirem a gripe suína (Influenza A - H1N1) e mostra como preveni-la através da alimentação, de produtos naturais e biológicos e dá outras dicas, além dos procedimentos de praxe.

Além das recomendações das autoridades sanitárias, como lavar as mãos com frequência, etc, existem providências que devem ser lembradas, ou conhecidas que, infelizmente, não fazem parte dos cuidados necessários, sendo que, muitos deles, são mais importantes do que as orientações oficiais. Primeiramente, tanto profissionais de saúde quanto pessoas comuns, devem saber que é necessário atuar no sentido de se possuir um sistema imunológico bem forte. Percebo que absolutamente nada está se fazendo nessa direção, de uma forma que se espalha o terror de uma nova doença, mas não se tomam as providências necessárias para reforçar o mecanismo de defesa do organismo da população, permitindo assim que todos estejam expostos à virose em questão. Por que as pessoas adquirem mesmo a gripe comum e o que fazer para fortalecer as defesas?

Para começar, é necessário saber O QUE ENFRAQUECE o nosso sistema imunológico, e isso não é divulgado (ou sabido?) pelas autoridades sanitárias. Sabe-se, cientificamente, que todos os vírus se beneficiam e se desenvolvem mais facilmente em ambientes orgânicos mais ácidos e, obviamente, quando o sistema imunológico está enfraquecido. E o que faz com que nosso ambiente sanguíneo fique mais ácido e o que diminui a força das nossas defesas? São os alimentos industrializados que tendem a criar e a manter um ambiente sanguíneo mais ácido.

Recomenda-se, portanto, evitar estes alimentos substituindo-os, sendo que esta abstenção já significa um grande passo para a prevenção de qualquer gripe e de muitas doenças.

Há alimentos particularmente úteis para reforçar a nossa imunidade, tais como o arroz integral, os subprodutos da soja (tofu, leite de soja líquido, misso), a aveia (rica em beta-glucana, um grande estimulador do mecanismo de defesa), o inhame, as verduras em geral, frutas frescas, a semente de linhaça, o gengibre, o alho, a cebola e outros.

Além das medidas anteriores, cientificamente sugere-se o seguinte:

O alho é rico em alicina, uma substância ativa que possui ação antiviral reconhecida, além de mais de uma dezena de outros componentes imunoestimulantes. Basta ingerir diariamente 3 a 5 dentes de alho cru picado, com os alimentos ou engolidos com água ou suco. Há o inconveniente do hálito, mas é passageiro, e mais vale a boa saúde do que o comentário alheio. Existem também suplementos à base de alho que não exalam odor, mas são caros. O óleo de alho em cápsula ou o alho em comprimidos não produzem o mesmo efeito do alho cru. O alho também é útil para evitar ou tratar uma grande quantidade de doenças. O problema do alho para crianças é a dificuldade para ingerir, mas com habilidade tudo é possível.

A própolis é reconhecida cientificamente como um antibiótico natural incluindo uma forte ação antiviral, tanto em situações de infecção quanto como para prevenção. Foram reconhecidos mais de 100 principios medicinais ativos da própolis. Deve-se usar o extrato alcoólico de própolis a 30%, na quantidade de 30 gotas, 3 a 4 vezes ao dia, em meio copo de água. Para crianças pequenas, metade da dose (lactentes e bebês, seguir orientação do pediatra). Pode-se colocar um pouco de mel para adoçar e reduzir o sabor e efeito da própolis na boca.

O gengibre é um alimento funcional reconhecido hoje cientificamente por seus poderosos princípios ativos. Foram isolados cerca de 25 substâncias, entre elas as famosas gengiberáceas, de grande ação estimulante do sistema de defesa do organismo e ação antiviral. Basta beber chá de gengibre fresco, forte, uma xícara 3 vezes ao dia, morno ou quente e sem adoçar.

O organismo e as células de defesa são regidos pela ação do sistema nervoso autônomo, representado pelos sistemas simpático e parassimpático: o primeiro é responsável pela produção granulócitos (de pouca ação viral e mais bactericida) e o segundo de linfócitos (de ação antiviral direta). Devido à agitação da vida moderna e ao estresse, as pessoas apresentam um excesso de atividade do sistema simpático (que produz adrenalina, cortisol, etc.., todos imunodepressores), com maior quantidade de granulócitos do que linfócitos, o que abre o caminho para viroses. É devido a isso que muitas pessoas adquirem uma gripe depois de um impacto emocional, notícia ruim, desavenças, tristezas, etc. É necessário proceder à redução da atividade simpática (redução do estresse,etc.) e promover maior estímulo parassimpático. Isso se consegue com mais repouso, menos agitação e preocupações, atividade física moderada, respiração profunda, alimentação natural integral, massagens terapêuticas, saunas, banhos quentes (tipo ofurô, banheiras, etc).

Importante é evitar a friagem e manter o corpo aquecido, principalmente as extremidades. A medicina ortomolecular e a fototerapia preconizam o uso de dois suplementos: a homeopatia, diferentemente da medicina farmacológica, atua estimulando a capacidade orgânica. Há uma fórmula homeopática para a preveção, tando da Influenza A (H1N1), quanto de qualquer outro tipo de gripe. Estes remédios podem ser adquiridos nas boas farmácias homeopáticas, e não fazem mal algum ou produzem efeitos colaterais. Se necessário, procurar um médico homeopata para a confecção de uma receita. Sempre importante em qualquer aspecto para uma saúde melhor.

Durante a gripe espanhola no começo do século passado, milhões de pessoas morreram, mas aqueles que lidavam com os doentes raramente contraiam o vírus. É que havia uma orientação para que o pessoal de serviço, médicos, enfermeiros, etc, usassem um saquinho de gaze com pedras de cânfora pendurados no pescoço. As emanações voláteis da cânfora esterilizam o ar em sua volte e protegem as mucosas. Então, aconselha-se a fazer o mesmo. Basta adquirir a cânfora na farmácia comum (algumas pedrinhas bastam), confeccionar uma bolsinha de gaze e pendurar no pescoço, podendo inclusive manter por dentro do vestiário, sem necessidade de deixar à mostra (se bem que o ideal é manter do lado de fora). Deve ser usado constantemente durante o contato com as pessoas. É uma boa dica para quem lida com pessoas ou trabalha em ambiente de aglomeração.

Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite
Bem no fundo, todo mundo quer zoar todo mundo sonha em ter uma vida boa
Sábado à noite tudo pode mudar
A semana passou num piscar de olhos eu não vi
E o tempo que voa como o vento, não senti
Minha vida está congelada desde a última vez que lhe vi
Só me interessa voltar ao ponto de onde eu parti
Passa segunda, terça e quarta-feira
Nem aí!
E na quinta e na sexta o tempo parece, repe...tir
Quando o sol do último dia ameaça se despedir
É que o povo põe uma roupa e sai pra se distrair
(Lulu Santos)

Como foi seu sábado?

Eu Lavo as Minhas Mãos !


Um dos hábitos que devemos nos policiar para evitar a contaminação por doenças (estou tentando evitar falar da Influenza A... ah, pronto, falei !) e' lavar as mãos varias vezes por dia, principalmente antes de comer. Perguntei a varias pessoas que trabalham em restaurantes no Brasil se os fregueses vão primeiro ao toalete ou lavabo. Eles responderam que apenas 1 ou 2 pessoas entre 10 vão primeiro ao lavabo antes de comer. Reparem bem no comportamento das pessoas quando entrarem num restaurante a quilo ou bufe. No meu trabalho quase nenhum colega meu lava as mãos antes de comer algo, e olha que trabalho num andar com umas 70 pessoas e as janelas não abrem nunca. Na escola do meu filho as crianças não são ensinadas a lavar as mãos antes de comer o sanduíche do almoço ou comer uma fruta - o que me deixa muito desapontada.

Você lavou as mãos quantas vezes hoje ?

A alegria de exercer a cidadania


Inteirativas e inteirativos, como vão? Espero que muito bem.
Falo hoje sobre pequenas atitudes de cidadania que fazem a diferença.

Outro dia passei por uma esquina aqui do bairro e vi um grande vazamento de água potável. Perguntei ao porteiro do prédio que ficava em frente ao vazamento, se eles tinham chamado a companhia de águas. Ele disse que achava que sim. Esperei 3 dias e nada, a água boa jorrando pela calçada. Cheguei em casa e liguei pra CEDAE - Cia. de Água do Estado do RJ, eles checaram e não havia nenhum pedido de conserto.

Fiz a ocorrência e pra minha alegria, no dia seguinte estava resolvido o problema.
O que está no lugar público também nos diz respeito e é nosso. Pagamos impostos e é muito bom cuidar do espaço e dos que estão a nossa volta.
Então, é muito bom olhar ao redor e exercer nossa cidadania em pequenos atos.

A água tão sagrada para a vida humana vai acabar, assim como todas as fontes de energia, pois o consumo do homem vem num nível desenfreado.
Convido aos amigos iniciarem o habito de dar uma olhadinha ao redor e ver se há luzes acesas de dia, vazamentos, porteiros lavando calçadas com jatos de agua em vez de baldes, e tantas outras coisinhas menores que neste nosso mundão fazem uma grande diferença.
Agora, se você já faz isto de alguma maneira, meus parabéns, o futuro agradece.

Dila Vidal, Rio 40 graus



Lindíssimos, não são?
E tem muito mais.

Nossa querida Monica Pinho, xará da Angel, está ajudando a promover o belo trabalho de Dila, nascida em Friburgo e artista de primeira que está fazendo sucesso aqui no Rio.

Não é nada absurdo. Vejam só: as telas de 80 x 60 cm saem a R$ 160,00, só para vcs terem uma base.

Quem quiser mais detalhes pode falar com a Monica Pinho pelos telefones (21) 2609-1302/ 21) 9973-8359 ou pelo e-mail monicapinho63@gmail.com.

Aproveitamos e avisamos que Dila terá vernisage neste domingo, 16, às 16h (numerologia?), em Santa Teresa. Detalhes no convite em anexo.

Rio eu gosto de você....

















Vejam que linda a coleção nova da artista plástica Dila Vidal. Dedicada ao nosso lindo Rio de Janeiro! Explicamos mais no próximo post.

Por enquanto fiquem com o Corcovado e o Pão de Açúcar!

Mundo Pequeno

Li no jornal Metro de ontem: "Por acidente, em Sydney". Fui ver o que se tratava. Um resumo:

"O holandês Joannes Rutten e seu neto pensavam em ter as férias dos sonhos em Sydney. Mas mesmo depois de uma conexão em Halifax, não perceberam nada de estranho. Só se deram conta de estar no país errado quando saíram do avião dia 11 de agosto e estava fazendo muito frio. Rutten e seu neto queriam visitar um primo em Sydney que aquela hora estava esperando por eles no aeroporto australiano. A viagem tinha sido organizada através de uma agência de turismo na Holanda. Segundo um porta-voz de Air Canada ,Rutten e seu neto não tinham dinheiro canadense no bolso, apenas dólares australianos. Eles receberam da Air Canada uma noite de hotel grátis e foram transportados ontem para Amsterdã. Hoje querem ir o mais rápido possível para Sydney".

Sydney na Austrália.

Parece que de vez em quando turistas "se enganam" na Sydney canadense. Dois adolescentes britânicos também desceram por engano na Sydney errada em 2002.

Eu hoje tive que ver um caso de erro cometido por um agente de viagens. A pessoa reservou para um grupo de americanos na cidade de Perth, Escócia. O grupo queria era Paris. Perguntei se eles não se tocaram quando confirmação tinha sido enviada por e-mail com telefone e endereço de hotel no Reino Unido ("Road" ao invés de "Rue"). Não, não tinham desconfiado de nada. Afinal existe uma Paris no EUA também, né não ?

Minimalista



12/08/09

Sônia Araripe

Já teve a onda minimalista nas artes plásticas. Também na moda. Designer de móveis e por aí vai.Agora, chegou a vez da tecnologia.

Maria Lúcia, querida, você acredita que é possível escrever um livro bem resumido, no twitter, com até 140 caracteres (as antigas batidas da máquina de escrever, hoje computador) cada capítulo?Pois existe!!!

Vejam esta. Um grupo de usuários mexicanos do serviço de microblogging Twitter iniciou hoje o experimento literário de escrever um breve "romance" composto por dez capítulos de 140 caracteres cada um, o máximo que o site permite por postagem.
Leia mais aqui. Agora pensem como seriam nossos posts com apenas 140 caracteres....alguém se habilita?

p.s. Angel, precisamos lançar o twitter do Inteirativa! bjs

Estou Aqui de Passagem


Oi Galera,
Já voltei pr'aquele país estranho abaixo do nível do mar e o único que se expande no mundo. Todavia, ainda tenho muito material brasileiro (=fotos) pra desovar pelos blogs que sustento. Por isso você ainda vão me ver por um tempo discorrendo sobre assuntos tupi-guaranis. Aaah, nada como ficar fora um tempinho do lugar onde se nasceu e viveu. Quando você retorna, há o misto de estranhamento/familiaridade, desconforto/intimidade. Tudo igual mas tudo diferente.

Um pouco do meu olhar gringo - ou coisas que eu achei bizarrice:

- Após a feijoada (ou churrascada, ou pizzada ou sirizada ou buchada de bode ou qualquer outro prato regional de muita sustança) o cafezinho do povo TEM tem que ser com adoçante. E' a promessa de uma vida mais magra & saudável.
- A ciclovia na orla carioca - pasmem - é para pedestres também. Devia se chamar “ciclopedovia”.
- No restaurante de comida a quilo ninguém faz um prato "temático". Ou seja: se tem macarrão não deve se colocar farofa, se tem carne não deveria colocar bobó de camarão. Mas os comensais são ecléticos: rola sushi com carré a mineira, linguiça alemã como polvo grelhado, etc.. Sem preconceito !
- Ta na moda agora comprar passagem na Rodoviária Novo Rio com horário quebradinhos como no primeiro mundo tipo: 8:29, 9:43. Pensei primeiro: "Oba ! Significa que vai sair na hora mesmo !" Tolinha que sou. Esses geralmente atrasam uns 20 minutos.
- Fui passar uns dias num Hotel Fazenda em Raposo no interior do RJ. Lugar limpo e tranquilo, muita mata nativa, água ma-ra-vi-lho-sa. Agora meus filhinhos, na área da piscina, depois do lauto almoço você querendo paz e só no maximo o barulhinho de um "tchbum" eventual na água... Eles colocavam um som ambiente zunindo nas alturas. Era Mamonas, Leandro e Leonardo, para bailar La Bamba, Axé, Xuxa, e uma constelaçãode estrelas de duplas sertanejas. Surtei.
- No caixa do supermercado há distribuição de plástico a vontade. Colocam primeiro um dentro do outro, depois para cada três produtinhos... mais dois saquinhos novos. Porque será que ninguém leva suas sacolas de casa ? Mistério.
- A noção de tempo continua muito flexível. "Daqui a uma hora, agora de manhã” pode acabar virando “la pro fim da tarde”. E “quase pronto” significa na verdade que apenas 10% a 20% do trabalho foi realizado.
- O pessoal usa o carro pra tudo. As vezes apenas para ficar matando o tempo. Meu pai uma vez na casa de praia chamou a gente pra "dar um passeio" depois do almoço com o intuito de "ajudar a digestão". Saímos pra rua e ele foi retirar o carro da garagem. O passeio pra ajudar a digestão consistia em ficar fazendo voltas de carro. Pai, assim não dá, olha o aquecimento global ! (e eu não deveria mais ficar tomando avião, Jesusssss !)

Mariângela - Paulista do Rio

Nosso encontro foi bem rapidinho mas deu pra matar as saudades, não deu para botar os papos em dia, mas também são tantos...

Tiramos essa foto em Ipanema, com a vaquinha Carioca do Brasil, criação de Gilson Martins, que participou do evento que aconteceu em 2007 no Rio de Janeiro, a CowParade (uma exposição onde as vaquinhas ficam espalhadas pela cidade). Após a exposição as vaquinhas foram leiloadas e a Carioca do Brasil, passou a fazer parte da cena carioca.

Ao fundo o Polis Sucos onde tem sucos de frutas maravilhosos (prá mim o melhor do Rio).

A MENTIRA É A VERDADE QUE .... O OUTRO QUER OUVIR

Chocante a frase, não acham? Mas, entretanto, todavia ( e haja advérbios) não está tão distante do que cada dia acontece com mais frequência pelo mundo afora.

Será que a valorização da VERDADE ajudará o homem a não mentir?

Segundo a historiadora e comentarista Lúcia Hipólito, “o processo é lento, mas está aí...”. Já o filosofo Fernando Muniz, entre outras considerações, diz: “No Brasil, não vejo uma mudança positiva neste sentido. Mas nos EUA, sim. A eleição de Obama foi uma revolução. Pode ser que encontremos o nosso caminho”.

O antropólogo e professor da PUC-Rio Everardo Rocha perguntou: “existem verdades absolutas? O que é uma verdade 100%? Quem encontrasse uma, certamente ficaria milionário.”

Essas afirmações transcritas acima foram publicadas no jornal O Globo no suplemento Ela. Comprovem como as opiniões divergem.... imagine isso lançado no contexto mundo. Já pensou que confusão?

Como nesse mundo global a VERDADE não está totalmente valorizada, resolvi transcrever no INTEIRATIVA a frase título desse post.

O autor, meu amigo há muito tempo, estudioso do comportamento humano, afirma que as pessoas não gostam de escutar verdades.

Você já reparou quando alguém começa a falar que sua postura está inadequada, suas atitudes confusas, precisa dar melhor trato aos cabelos, pele e por aí vai... o que acontece? Você (se não tiver outro jeito) escuta, mas segue as orientações?

Com certeza que não e passa a evitar o convívio com esse chato.

O ser humano gosta de ouvir elogios, palavras que lhe estimulem, pode acreditar, assim é a vida, argumenta o autor da controvertida frase.

E aí, que tal, ele está certo?

Será a mentira a verdade... que o outro quer ouvir?

Dia dos Pais - Uma música como lembrança

Música serve para um monte de coisas. Serve para dançar, para cantar (no meu caso, quando estou sozinha. Se quiser saber por que, é só perguntar para os meus irmãos...), e para lembrar pessoas e épocas da vida.

Assisti Noviça Rebelde pela primeira vez com meu pai. Eu era muito pequena, mas lembro que eu e meus irmãos adoramos! De lá pra cá, assisti mais de 20 vezes.

A música preferida do meu pai era Edelweiss. Realmente essa canção é linda, mas só depois de muito tempo, com ele já falecido, eu entendi por quê.

Meu pai participou ativamente da revolução grega. Veio forçadamente pra cá e nunca mais voltou para seu país.

A letra da música diz:

Edelweiss, Edelweiss

Every morning you greet me

Small and white, clean and bright

You look happy to meet me

Blossom of snow may you bloom and grow

Bloom and grow forever

Edelweiss, Edelweiss

Bless my homeland forever

Edelweiss, Edelweiss

Todas as manhãs você me cumprimenta

Pequena e branca, limpa e luminosa

Você olha feliz por me encontrar

A flor da neve floresce e cresce

Para sempre

Edelweiss, Edelweiss

Abençoe minha pátria para sempre

Leitores, alguma música faz vocês lembrarem do seu pai?

Game Set & Match





07/08/09

Boa opção para Mari e a turma toda da Paulicéia! Obra clássica, encantadora, em inglês e de graça. Gui Magalhães, doublé de jornalista, ator, produtor, diretor e um pouco mais, nosso amigo de anos, está dirigindo a peça.


"O público é peça chave no espetáculo Game Set & Match, que está em cartaz no Teatro Cultura Inglesa-Higienópolis até 23 de agosto, em São Paulo. No início da peça, um voluntário da platéia é convidado a sortear qual papel será interpretado pelos atores José Luiz Jr. e Rodrigo Haddad. Depois de definir o começo da trama, o público ainda escolhe qual dos dois finais quer ver no palco.

O texto é uma livre adaptação da peça Sleuth, escrita em 1970 pelo autor inglês Anthony Shaffer. Há ainda elementos da versão para cinema de 1972 com Sir Laurence Olivier e Michael Caine e da refilmagem de 2007 com o próprio Caine e Jude Law.

Em uma das tramas mais inteligentes já criadas, cheia de reviravoltas desencadeadas por disputas mortais, o popular escritor de livros de mistério Andrew Wyke vive em um mundo de jogos e estratégias. Ao descobrir a existência do amante de sua esposa, Milo Tindle, convida-o até a sua casa para alguns drinks e uma intrigante proposta.

Com direção de Guilherme Magalhães, o espetáculo é em inglês e gratuito. Acontece aos sábados às 20h e aos domingos às 19h, com duração de 90 minutos. Ainda há um debate, também em inglês, após os espetáculos dos domingos, em que diretor e atores dividem com a platéia os desafios e detalhes da montagem."

GAME, SET & MATCH

Teatro Cultura Inglesa-Higienópolis – Av. Higienópolis, 449
De 1º a 23 de agosto – Sábados às 20h e Domingos às 19h
ENTRADA FRANCA – EM INGLÊS – 90 min.


Contato para imprensa
Guilherme Magalhães
(11) 9983-1634
guifmaga@terra.com.br

SAUDÁVEL INSOLÊNCIA

Cláudia Alencar

Na rua deserta

Na manhã insone

Reina imponente

Um telão de bruma

Travestido de paulistana garoa

Cegando onipotente

Céu, morro, cristo, lagoa

Ergam as cortinas do teatro divino

Que comece o espetáculo previsto

Mas me apareçam com ensolarado figurino

Morro, céu, lagoa, cristo

Talvez estejam dormindo

– Então deixe-os

Deixe-os simularem a morte

Não tive a mesma sorte

Meu sono decretou greve

Hoje essa triste névoa me traduz

Mas e amanhã?

Serei velho cinza angustiado

Ou talvez, um raro rosa ou azul desleixado?

Cristo, morro, lagoa, céu

Como ser uma só se a natureza é tão desigual

Se o dia me ensina a ser divina no plural

Se a vida todo dia é troca de fantasia

Cristo, lagoa, céu, morro

Tão volúveis na sua permanência

Tão variados na sua mesmice

Tão bruxos na sua ciência

Tão jovens na sua velhice

Me ensinem essa sua saudável insolência

Cuidado redobrado

05/08/09

Gentem, é para colocar mesmo as barbas de molho.
Além do temor do vírus H1-N1, da gripe influenza, também chamada popularmente de gripe suína, o ar parece mesmo contaminado.

O Rio está com um "andaço", como dizia a minha avó, de rotavirus.
Pega mesmo.
Os sintomas são diarréia, vômitos, acompanhados de febre alta, etc, etc.

Todo cuidado é pouco, ok?

“OS POLÍTICOS E AS FRALDAS DEVEM SER MUDADOS FREQÜENTEMENTE E PELA MESMA RAZÃO”

Foto Valter Campanato/ABr

Essa frase não é minha e sim de Eça de Queirós.

Mas é tão adequada ao que estamos vivendo agora, nesse momento, que resolvi, guardando o devido respeito por alguns políticos, escrever sobre o assunto.

Confesso não entender muito de política, mas de politicagem até que me arrisco, afinal de contas politicagem não tem a ver com fofoca? E uma fofoca bem elaborada, de vez em quando me diverte.

E não é isso que está acontecendo no Senado?

Fofoca prá lá, fofoca prá cá........

Onde estão os projetos de interesse popular para aprovação das Excelências?

Você sabe? Eu não.

Seria bom, realmente, seguir a sugestão de Eça de Queirós.....porque não suportamos mais o mau cheiro.

Cuide de você 2

Boa notícia!

O trabalho que nossa colunista Mariangela Buchala fez sobre a exposição Sophie Calle foi divulgado no site.

Quem quiser passar lá e fazer um comentarário apenas sobre o trabalho...e dar uma forcinha na seleção....valeu!

http://blog.sophiecalle.com.br/?p=467

Pais, esses homens de nossas vidas


Domingo é dia dos pais, eu sei que são datas comerciais criadas para vender presentes e blábláblá. Mas a gente comemora e pára pra pensar nestes homens de nossas vidas.

Meu papis já se foi faz alguns muitos anos. Sempre sinto saudade dele...molhar o pão com manteiga no café com leite, sentar na rede com ele pra divagar sobre a realidade, olhá-lo viajando na fumaça de seu cigarrinho, ver seus olhos brilhando quando falava de política...muitas memórias deliciosas.
E nestes dias em que vejo tantos homens homenageados e homenageando me emociono. Vejo Verificar ortografiaaqueles marmanjões com seus pais no almoço e todos parecem crianças novamente. A maneira como olham e se comportam juntos aos pais é diferente. Ao mesmo tempo, alguns tão protetores e se convertendo nos pais dos próprios pais. Ah, estes homens que tanto fazem a alegria de nossas vidas!

Os nossos pais que são responsáveis por metade de nossa existência (não podemos esquecer das mamis, senão já viu,né?), nossos amores responsáveis pela outra metade de nossa felicidade e os filhos que logo serão pais e continuarão este círculo de vida.
Carinho e amor a todos os papis do mundo. E saibam que este dia especial é só uma lembrança de como são importantes sempre em nossa existência.

NO OUVIDO, BEM BAIXINHO..... SÓ PARA MULHERES

Nesse morno final de domingo onde o sol começa a se esconder entre as nuvens o que tem tudo a ver com o que vou relatar, recebi um email de uma amiga casada que está loucamente apaixonada por outro homem que não é o marido.

Situação complicada, mas nada incomum, desde que “mundo é mundo” isso sempre acontece e não adianta negar. Toda mulher tem uma amiga, que tem outra amiga que passou por isso, quando na verdade a amiga, quase sempre, é ela mesma.

Minha amiga pedia conselhos de uma mulher mais vivida e me escolheu. Eu, tristemente, só tenho um ombro e um colo para ajudar.

Conselhos jamais, acho que ela não os escutaria e estaria certa. Sabe por quê?

Viver um momento amada por dois homens alimenta o ego feminino, por mais conflitante que seja esse momento, e quase sempre a mulher (já conheço o final) fica é com o marido mesmo. As histórias se repetem sempre e sempre.

Então respondi a minha amiga que não era um conselho, mas um leve toque: canalize seu potencial de amor para você mesma, viva (tomando os devidos cuidados) seus mais intensos sentimentos. Irá lhe fazer muito bem e o tempo, somente o tempo lhe ajudará.

Divulgação do resultado do sorteio do Kit BalbPharm

Vamos divulgar o resultado do sorteio!!!


Agradecemos a todos pela participação.


E a sorteada foi…


A de número 5, Solange Menezes, do Rio de Janeiro - RJ.


Parabéns!!!!


Obrigada BalbPharm!


Aguardem outros sorteios!