Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








PIRATARIA e ICMS VERDE

Por Valeria Ferrari

Em outubro de 2007, foi sancionada, no Estado do Rio de Janeiro, a Lei do ICMS Ecológico. A partir de 2009, as prefeituras que investirem na preservação ambiental contarão com maior parcela desse imposto. O ICMS Ecológico é um repasse anual para as prefeituras que investirem na manutenção de florestas, de fontes de água e no tratamento de lixo. O componente ecológico será o 6º índice estabelecido para o cálculo do imposto e dependendo do tipo de política que adotar em prol do meio ambiente, o município terá direito a maior repasse do imposto. Os itens são: Tratamento de Esgoto, Destinação de Lixo, Remediação de Vazadouros, Manaciais de Abastecimento, Áreas Protegidas (todas as Unidades de Conservação) e Áreas Protegidas Municipais. O ICMS Ecológico, portanto, não premiará apenas municípios por ações em defesa de sua cobertura vegetal, mas também pela preservação da água e pelo tratamento do lixo, e isso sem aumento de imposto.

Com base nessa nova redistribuição do ICMS que poderá aumentar os recursos oriundos do ICMS para os municípios, a educação fiscal que vem trabalhando essa temática junto à sociedade, ressalta a necessidade da conscientização de nós cidadãos, através da mudança de valores e atitudes e para isso, é oportuno chamar a atenção para algumas questões importantes: A BIOPIRATARIA e a PIRATARIA.
A BIOPIRATARIA, que não é apenas contrabando de diversas formas de vida da flora e fauna, mas principalmente, a apropriação e monopolização dos conhecimentos das populações tradicionais no que se refere ao uso dos recursos naturais.
A PIRATARIA, que também é crime, pois quando adquiri-se um produto pirata além de ferir o direito do autor, que vem a ser tão grave quanto alimentar a cadeia de corrupção e do crime organizado, pois o sonegador, o contrabandista ao corromper servidores e autoridades coloca também no mercado pelos mesmos meios da entrada do contrabando, drogas e armas.

Em conseqüência desse material trazido de forma ilegal, sem selo de qualidade, impactando a saúde dos cidadãos com a utilização de tênis, óculos e remédios falsificados, na maioria das vezes às custas de trabalho escravo ou subempregos, favorecendo economias subterrâneas, promovendo a sonegação de impostos, o desemprego e a ilegalidade (vide as apreensões diárias feitas pelos órgãos de fiscalização e repressão), provocamos uma imensa poluição no nosso “quintal” e os Municípios precisarão investir mais recursos públicos em políticas públicas que consumirão mais recursos públicos oriundos dos impostos para limpar toda a sujeira que nós mesmos atraímos em troca dos baixos preços desses produtos sem origem legal (as pesquisas apontam para a causa principal da pirataria). Há que se pensar sobre o custo social da pirataria.

É importante também ressaltar que alguns estudos indicam que todas as classes econômicas consomem produtos piratas, contrariando o que sempre se pensou que só a classe mais baixa consume produtos e serviços piratas. O IBOPE Inteligência revelou que o brasileiro tem dificuldade de praticar as ideias de sustentabilidade difundidas, é grande a quantidade de pessoas que, embora tenham conhecimento de práticas de cidadania sustentável, não as inclui em seu cotidiano. Ou seja, a maioria concorda que pirataria é crime contra a sociedade, mas poucos colocam em prática.

A escolha é nossa. Cabe conscientizar-nos que o controle do comércio ilegal de produtos piratas, que acreditamos ser do governo e das empresas, passa, de forma não menos importante, pelo consumidor, exigindo que ele se torne mais consciente e considere, em suas escolhas de consumo, as implicações econômicas, ambientais, sociais e legais desse tipo de consumo.A importância do ICMS VERDE não é somente premiar, mas reconhecer, através de uma maior parcela dos recursos distribuídos pelo FPM (Fundo de Participação dos Municípios), o esforço dos municípios que tem ações ambientais sustentáveis, com base no Decreto Estadual 41.101/2007.

Encerrando, quanto mais lixo “aceitarmos”, mais recursos serão necessários para “eliminá-los”, consequentemente, menor será o índice de ICMS VERDE para o Município. Portanto, não basta não consumir produtos e serviços de origem ilegal e sem nota fiscal, precisamos fomentar atitudes que inibam a pirataria, precisamos também fiscalizar a administração dos recursos públicos no nosso menor espaço de convivência e acompanhar a sua aplicação. Assim , é fato que estaremos contribuindo de forma positiva para a transformação social no nosso município, nosso estado, nosso país e em contrapartida o planeta agradece.

Dançando conforme a música

Sem comentários. Apenas útil. Será que esses registros serão usados quando necessário ou serão censurados também?

Oficina POÉTICA NOS OLHOS - RJ

Toda quinta-feira, de Outubro e Novembro, Oficina Poética nos Olhos – no Sesc Tijuca

Com diversos artistas maravilhosos E seus olhares sobre o processo poético da criação nas mais diversas áreas

Ao fim de cada mês, um sarau com esses artistas para comemorar o encontro

Inscrições pelos telefones 3238 2168 / 32382076 ou tijuca.geringonca@sescrio.org.br

Produção e curadoria: Vitor Paiva e Botika

OFICINAS:

01/10 - Poética na canção (com Botika e Vitor Paiva)

08/10 - Poética no teatro (com Invisível Cia. - Thiare Maia e Fernanda Félix)

15/10 - Poética na poesia falada (com Pedro Rocha)

22/10 - Poética no corpo (com Miguel Jost)

29/10 - SARAU com os artistas convidados do mês de outubro


05/11 - Poética na performance (com Ericson Pires)

12/11 - Poética nas artes plásticas (com Alexandre Vogler)

19/11 - Poética no som (com Daniel Castanheira)

26/11 - SARAU com os artistas do mês de novembro

Pesquisa revela que homens trabalham três horas a mais por semana que as mulheres

É isso que constata a pesquisa “A Contratação, a Demissão e a Carreira dos Executivos Brasileiros 2009”, realizada pela Catho Online, maior site de anúncios de currículos e vagas de emprego da América Latina. Em média, os profissionais trabalham 45,6 horas durante a semana. No entanto, a pesquisa indica que os homens trabalham 3,2 horas a mais que as mulheres. Em média, eles trabalham 47,2 horas, e as mulheres, 44 horas.

Realizada com mais de 16 mil entrevistados, entre os meses de março e abril de 2009, a pesquisa revelou, ainda, que quanto maior o nível hierárquico do profissional, maior é o número de horas trabalhadas. Em geral, os presidentes e/ou gerentes gerais passam 53,2 horas por semana na empresa. Contudo, se esses mesmos profissionais trabalham em empresas com faturamento acima de US$ 100 milhões/ano, esse número aumenta para 55,7.

“Esse resultado pode ser explicado porque existem mais homens em cargos de nível hierárquico superior. As mulheres estão conquistando espaço, mas ainda encontramos um número maior de homens em cargos executivos que mulheres. Além disso, percebemos que em empresas com maior faturamento, os profissionais trabalham mais horas. Isso pode ser explicado porque existe muita competitividade dentro dessas organizações”, analisa o diretor de Marketing da Catho Online.

A pesquisa sobre Contratação, Demissão e Carreira dos Executivos Brasileiros foi realizada entre os meses de março e abril deste ano. A análise contou com a opinião de 16.207 participantes, que responderam a um formulário online com 299 perguntas, questionando sobre estas três dimensões da vida do profissional. Foram levadas em consideração apenas as respostas de profissionais que trabalham em empresas privadas e que possuem mais de 18 anos de idade. Esta pesquisa é realizada pela Catho Online, a cada dois anos, desde 1988.

Chico Xavier

“Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez”.

Desculpe, tá tudo errado.

Ana Cecília Vidaurre

Posso ficar conhecida como aquela do contra, mal amada, mal humorada e tudo mais, mas não me importo. Sou o avesso.

1 - Dia sem carro? Isso é mole pra quem trabalha em casa, para quem pode ir de bicicleta para o trabalho ou quem pode ir a pé para o escritório.Quero ver quem tem que sair de Santa Cruz para a Tijuca por exemplo. Ah, mas tem que ter a consciência ambiental...

2 - Passeata da Marina Silva na Praia?? Por que não vai ficar conhecida em Bangu, Fazenda Botafogo, Taquara etc? Quer mídia no momento do lançamento da campanha? Vaidade é fogo. Ah, mas passeata no Leblon é uma grande vitrine...

3 - Aposto que logo logo aparecerá um roteiro sobre o episódio de hoje. Um atirador de elite com um tiro certeiro no bandido que rendeu a dona da farmácia. Isso dá um filme! E tem gente que paga o cinema pra ver desgraça. Tem gosto pra tudo.

Tudo errado. Desculpe.

Nova edição de Plurale, número 13


25/09/09

Sônia Araripe

Para uns, 13 é número da sorte. Zagalo, por exemplo, adoooora.
O PT também.
Para outros, nem tanto.
Nossa Plurale em revista , edição 13, está circulando. Da sorte, claro.
Tem de tudo um pouco.
Esta edição traz várias reportagens e artigos, além de um ensaio com belíssimas fotos do documentarista Eduardo Issa. Ele percorreu os Parques Nacionais em diferentes pontos do Brasil. A foto da capa já dá uma ideia do ensaio.
Leticia Freire, Tom Correia e Paula Scheidt apresentam matérias também bem interessantes sobre Sustentabilidade e Clima. O editor Carlos Franco preparou alentado especial sobre Finanças Sustentáveis. Viajando pelo Vale do Café fluminense, Nícia Ribas mostra a beleza desta região que procura resgatar suas tradições e história. A editoria Sônia Araripe escreveu perfil de Sergio Vieira de Mello, morto em atentado terrorista em Bagdá, há seis anos.
Márcia Pimenta, Ivana Maciel, o professor Enéas Salati e o biólogo Sidney Gouveia são os colunistas de Plurale em destaque nesta edição.
Além das colunas Carbono Neutro, Pelas Empresas, Pelo Mundo (com os correspondentes internacionais de Plurale), Pelo Brasil, Estante e Bazar Ético.
Outra novidade da edição 13 é o lançamento da campanha publicitária de Plurale em revista, pela premiada equipe de Omar Caldas, da Agência HiFi. É apenas o início da comemoração de dois anos do projeto em outubro. Aguarde! Muitas novidades estão sendo preparadas com carinho pela equipe de Plurale em site e Plurale em revista.

Clique aqui e confira a versão digitalizada.

Novela nova

25/09/09

Desculpem o sumiço. Corrida total.
Aproveitando o post aqui abaixo outro dia da Cláudia Ebert, do cardápio criativo.
Alguém iria no casório do ex? E ainda iria cumprimentar os noivinhos?
Vamos deixar a enquete no ar. Como nos contou a Cláudia, ex-condidinho.
Vou dar o meu voto. Não só não iria como ainda faria questão de ficar ex-condidinha em casa.
Não sei quem viu, mas a cena foi ao ar na quarta e quinta desta semana na nova novela das nove horas quase dez), Viver a vida.

Aliás, Maria Lúcia, Angel, Grazi e Cécil...todos e todas: alguém tá gostando desta novela nova? Volta Glória, volta! Já estou com saudades dos Ares Babas, Opash, daquela música irritante da abertura e do chororô da Maya.

Dica 2 - Samba do Gnaisse



O Samba do Gnaisse tem a honra de subir ao palco do Teatro Odisséia/RJ com o grande Walter Alfaiate!

Esse show especial será hoje Sexta-Feira (25/09)!!

Nos vemos lá!!!

Dica 1 - “Os Inimigos Não Mandam Flores”

Fui assistir a peça com a Cristina Prochaska e Anselmo Vasconcellos e gostei muito.

O tema é envolvente, a Cristina e o Anselmo estão ótimos e o Solar de Botafogo é uma graça e tem um café delicioso.

Vale muuuuito a pena o programa. Quem estiver no Rio ou vier por aqui, eu recomendo.

Sem Fio, estreia na Mostra Novos Rumos do Festival do Rio

O Festival de Cinema do Rio começa hoje com uma baita maratona de filmes do mundo todo.
Na Mostra Brasil Novos Rumos, estreia o primeiro longa metragem de um dos meus sobrinhos, Tiaraju Aronovich. Ele estudou Musica e Cinema na Califórnia (EUA) e hoje tem uma escola de cinema digital em São Paulo.
O filme conta histórias da modernidade urbana e tem as participações de Leopoldo Pacheco e do cantor Nasi estreando como ator.
Vale conferir.
As sessões são:
29/09/2009 Centro Cultural Justiça Federal 19h
30/09/2009 Cinema Nosso 19h
01/10/2009 Estação Vivo Gávea 13:10

Mais censura?

Não gosto de falar de política. Mas do jeito que a coisa anda, ou a gente começa a botar a boca no mundo todo dia, ou não sei mais onde vai dar!

O Estadão foi censurado pela Justiça, proibindo qualquer notícia sobre a operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica, que envolvia o filho do presidente do Senado José Sarney. No último dia 15, um ganho - o TJ-DF declarou que o desembargador Dácio Vieira é suspeito para decidir sobre o pedido de censura do Estadão. A decisão afasta Dácio do caso.
Uma esperança para um jornal que não se curvou durante a ditadura e não se curvará diante da vergonha em que o país se encontra.

Outra esperança paulistana - o jornal A Folha de São Paulo acordou e publica hoje:
"Boto quem eu quiser" no Senado, diz filho de Sarney
.
Filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o empresário Fernando Sarney diz, em conversa interceptada pela Polícia Federal, que é o dono de uma vaga no gabinete do senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA), informa reportagem de Andréa Michael, Andreza Matais e Hudson Corrêa, publicada nesta quarta-feira pela Folha. O diálogo gravado pela PF entre Fernando e João Fernando é o primeiro em que o filho de Sarney assume explicitamente o poder de empregar quem quiser no Congresso.

Será que vão censurar a Folha também?
É só. Nada mais a comentar.

OBAMA´S BLACK BERRY

Text message to:
Secret Service, Presidential Detail

BarackO: guess where I am?

SecretService: lincoln bedroom.

BarackO: how about now?

SecretService: map room.

BarackO: damn, u guys r good.

BarackO: how about now?

SecretService: china room. are we done with this?

BarackO: k. sorry :)



Fonte: livro "Obama´s Black Berry" - Kasper Hauser

Ele tem um site http://www.kasperhauser.com/ (ainda não fui lá...)

É hoje: Dia Mundial Sem Carro



Recebemos esta mensagem dos amigos da Transporte Ativo (TA) e estamos ajudando a divulgar para contribuir com o sucesso deste Dia Mundial Sem Carro. E postamos aqui também foto do Ministro das Cidades, Marcio Fortes, fazendo sua parte, lá em Brasília:

Eduardo
Da TA
www.ta.org.br


Imagine a sua cidade sem carros, apenas com veículos de transporte e serviço. Olhe a sua volta, pense naquele espaço ocupado por um carro estacionado. Se estivesse vazio? É com esse propósito que existe o Dia Mundial Sem Carro, todo 22 de setembro. Façamos ao menos uma reflexão.
Pela segunda vez o Rio de Janeiro contará com alguma iniciativa oficial, com a Prefeitura fechando vagas e desestimulando o uso do automóvel para quem vai ao Centro da Cidade. Não é muito mas já é alguma coisa.
Neste dia a Pedal 2 começará as atividades das Oficinas de Mobilidade Urbana na Tijuca, uma iniciativa para encorajar as pessoas a realizar suas atividades diárias de bicicleta e a Transporte Ativo vai replicar a ideia no mesmo dia em Copacabana.
Sempre que falamos de ir trabalhar pedalando surgem as mesmas questões: não é perigoso? qual caminho você usa? corro risco de ser assaltado? mas não serei atropelado, já que os carros não respeitam o ciclista? onde posso deixar a bicicleta enquanto trabalho? onde poderei tomar banho?
Realmente essas são as maiores dificuldades, que ainda existem por vários motivos, mas o principal é porque não ocupamos o nosso espaço como deveríamos. Quanto mais pessoas pedalarem e exigirem toda essa estrutura que falta, mais e mais os espaços serão reconquistados, mais governos e empresas se inclinarão em fazer alguma coisa.
Precisamos apenas mostrar que é melhor para todos, mesmo quem não pedala, e que
existem muitas pessoas dispostas a mudar suas vidas, seus hábitos, através de um transporte limpo e saudável.
As Oficinas de Mobilidade Urbana estarão singrando as ruas e avenidas da cidade uma vez por mês. Funcionará da seguinte forma: ciclistas experientes, com ótimos conhecimentos de condução em tráfego pesado, com noção dos melhores caminhos a percorrer estarão a disposição dos interessados, para pedalar do seu bairro até o centro da cidade pela manhã e retornarão no início da noite. Além disso teremos sempre a disposição material educativo e de orientação, tanto para os cilistas
quanto para motoristas e pedestres.
Resumindo: nos colocaremos a disposição para acompanhar as pessoas no caminho casa/trabalho e trabalho/casa.
O primeiro encontro será nesta terça, dia 22, o Dia Mundial Sem Carro.

Zona Norte:
Sairemos da Praça Saens Pena, na Tijuca, rumo à Cinelândia às 7h 30m.
Retornaremos no mesmo dia às 19h 30m, saindo da Cinelândia, para levar
todos de volta com segurança.
Dúvidas ligue na Pedal 2 ou 8156-7171 – Thiago Gomes

Zona Sul:
Sairemos de Copacabana, em frente ao Posto 4, rumo à Cinelândia às 7h 30m.
Retornaremos no mesmo dia às 19h 30m, saindo da Cinelândia, para levar
todos de volta com segurança.
Dúvidas ligue para 9503-9272 – Eduardo.

No próximo mês sairemos da Praça das Nações, em Bonsucesso. Aguarde. Vamos juntos ocupar os nossos espaços. Ajude a divulgar e venha pedalar!

Ex?

Oi saudades!
Fui esta semana no lançamento do livro "50 maratonas em 50 dias" do Dean Karnazes numa livraria em Ipanema. Ele é muito simpático, conversou com todos com a maior calma.
Mas o engraçado foi no restaurante, na parte de cima da livraria.
No cardápio tinha "ex condidinho" . Alguém conhece esse prato?
Eu conheço "ex" um monte de coisas, mas condidinho...

É Amanhã : Dia 22 de setembro dia mundial sem carro


Vamos participar desta maravilhosa iniciativa mundial: deixar os carros em casa por um dia!

Vale bicicleta, a pé, ônibus, metro, patinete, etc. O que não usar combustível e for de uso individual tá valendo. As prefeituras de várias cidades no mundo (inclusive o Rio), reforçaram as frotas de ônibus, trens e metros para ajudar na campanha.

É isso minha gente, vamos colaborar é só um diazinho!

No futuro seremos uma população de Surdos?????


Neste final de semana, tive aulas de Poluição Sonora em minha pós, com uma das maiores mestras do assunto e pesquisadora da FIOCRUZ.
O alerta dela é assustador e a previsão é aterrorizante: se o mundo continuar no ritmo de produção de ruídos que estamos fazendo, seremos uma população de maioria surda ou a caminho de, daqui a alguns anos.

Como um dos maiores vilões deste processo está um simples acessório, que quase todo mundo utiliza hoje em dia: os Ipods.
Sim queridos!!! Este inocente radinho!
Isto porque, não há quem utilize estas porcariazinhas musicais no decibel recomendado:máximo de 65db!!! A grande maioria, e ai estão incluidos a maioria de jovens, utiliza o volume em nível muito acima do que o ouvido humano pode suportar. E dia após dia vai se construindo a surdez. E pasmem, a surdez é o terceiro maior causador de procura de aposentadoria por invalidez na rede pública brasileira.

E além disso é irreversível.
Não é previsão catastrófica é a mais pura realidade. E como a surdez é uma doença silenciosa e que ninguém pode ver, a sociedade faz descaso. A começar pelas autoridades, que não tratam o assunto com a seriedade necessária.

A Poluição Sonora é considerada pela Organização Mundial da Saúde, como a terceira pior poluição mundial, só perdendo para a de ar e água.
Mas, enfrenta um lobby empresarial muito mais poderoso que os outros dois fatores poluentes.
Quem pode imaginar, alguém vendendo música, aparelhos de áudio e vídeo de uma maneira respeitosa aos decibéis que o ouvido humano aguenta?
Quem pode imaginar promoções comerciais sem o apelo do som muuuuito alto?
Quem pode imaginar, festas, carnaval, e todo tipo de venda, com som em nível compatível com nossos tímpanos?

Ninguém!!! Pois, infelizmente, nos acostumamos a violentar nossos ouvidos, não só com a altura, mas com conteúdos inadequados e nada fazemos.
Pois tenho que lhes avisar, ou tomamos cuidados especiais e urgentes, ou seremos responsáveis por uma geração de doentes auditivos sem recuperação e pessoas comprometidas em seu futuro de maneira irreversível.
É bom acordar, pensar e agir de maneira consciente, pois a cada dia vamos perdendo este precioso sentido, que não tem outra maneira de ser preservado a não ser fazendo e ouvindo menos ruído.

Pensem bem meus amigos, o negócio é sério e quase invisível.

Conto de Fadas para mulheres do século 21




Conto 1por Luís Fernando Veríssimo (faz o meu dia...)
Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz:
- Você quer casar comigo?
Ele respondeu: NÃO!
E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela.
O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma mulher.
FIM.

Conto 2
Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã.

Então, a rã pulou para o seu colo e disse: - Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Mas uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir um lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre...

E então, naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava:
- Nem fo...den...do!

FIM outra vez!

MIYUKI HATOYAMA ... QUEBRANDO TABUS

MIYUKI é, a partir de hoje, a primeira- dama do Japão.

Os japoneses conhecem o estilo adotado por essa simpática mulher que não segue os padrões adotados pelas mulheres japonesas, as “invisíveis” onde só os homens sobressaem.

Era casada, mas, em 1975, há trinta e quatro anos, época em que os tabus japoneses eram muitos mais rígidos, apaixonou-se por um estudante de engenharia quatro anos mais novo. Divorciou-se e casou com o estudante Yukio Hatoyama, hoje empossado como primeiro-ministro do Japão.

Em sua opinião, e como tem demonstrado, o importante é ser feliz!.

Ela expressa sua opinião livremente, é espiritualizada ao ponto de ter livros publicados sobre comida espiritual do Havaí e colunas em revista de ufologia. Afirma que foi “abduzida” e visitou Vênus. Tem mais, não tem nenhuma vergonha em fazer o “moonwalk” e com muita graça... imagino.

Ainda tem, segundo notícias, um marido apaixonado...

Precisa escrever mais?

Vamos, então, torcer por mais essa MULHER INTEIRATIVA cuja meta é simplesmente ser feliz.

Hoje no blog da Carolina Arêas, terapeuta floral, ela faz a seguinte pergunta:

“Você convive com alguém que costuma te absorver? Ou que acredita que você sempre está disponível para lhe dar atenção, ouvir seus problemas e preocupações? Esta pessoa entra em sua vida sem pedir licença e nunca se preocupa em perguntar se você está ocupada, se você está interessada ou ao menos se você está bem?”

A Carolina indica o floral Heather “que traz paz interior e o entendimento que estar preenchido e pleno de amor é algo que começa em nós mesmos e não no outro”.

Eu me lembrei de várias pessoas com quem já convivi. E você leitor, já esbarrou com pessoas assim?

Show em São José dos Campos/SP

Margareth Machado canta acompanhada de Marcus Flexa e Marquinhos da Luz

"Cantora, compositora e violonista mineira, radicada desde 1975 em São José dos Campos, Margareth Machado combina o sotaque da corrente nobre da música brasileira urbana com a sintaxe da música do interior." (Mauro Dias)

Dia 20 de Setembro - Domingo

Horário: 10:30 H

Local: Vicentino Aranha - São José dos Campos - SP

Cinema e Musica na noite carioca


Toda quarta feira a partir das 20:30h, rola no Doc Garrafaria (Rua Olegário Maciel 293, Barra da Tijuca) mostra de Curta Metragens e Shows Variados.

A galera de cinema prestigia em peso e quem curte este tipo de performance deve muito ir ao Doc conferir. Afinal, o festival de cinema tá chegando e é bom saber o que está rolando pela área aqui no Rio.

Amanhã tem!

AGENDA - RJ

Para quem curte samba, show de Nelson Sargento no Centro Cultural Light

Quarta-Feira dia 16/09, às 12h30.

Av. Marechal Floriano, 168, Centro. Tel.: 2211-4515.

Entrada franca com distribuição de senhas às 11h30.

Rio de Janeiro - “City of Splendour”

Raro filme feito em 1936 pela Metro Goldwyn Mayer, onde aparece o Palácio Monroe (que não existe mais), a Cinelândia, praias e uma artista fazendo as famosas bandejas com asas de borboletas.




Nosso possivel sim!

Cláudia Alencar

....
Então, a gente se encontra numa calçada e o que era vazio se encheu, o que era pouco ficou bom, o que era eu ficou sendo seu.
E depois, você foi-se com seu grande amor e ficamos os dois, cada um no seu canto, a lembrar o que foi e o que poderia ser, dentro de cada um de nosso ser.
E agora estamos a esperar, sendo...
Você, com sua nova vida, florescendo.
Eu, com minha antiga, querendo.
E assim, você sonha, num dia 8, que seremos eternos.
E eu, num dia, quase 9, acredito e quero.
Esse viver a vida me faz feliz sendo assim: não pedindo nada, não sendo nada, sendo só esse nosso possível sim.

Divulgação do resultado do sorteio Kit Fashion - 3 cobre jarras e copos em filó bordado com cristais

Tivemos problemas técnicos... Não conseguimos instalar o programa do Sorteio Virtual.

E como nosso prazo era hoje para fazer o sorteio, resolvemos da seguinte forma: Montamos uma planilha que foi preenchida de acordo com a ordem de chegada dos comentários. O primeiro comentário foi o numero1, o segundo comentário o numero 2 e assim por diante. Colocamos os números em um saco e sorteamos o número que corresponde, na planilha, ao ganhador.

Ufa!!!!

E agora temos a honra de anunciar a ganhadora!!

A sorteada foi…

A de número ....... 17, Vanessa Marinho de Panambi, RS

..... Parabéns!!!!

Enviaremos um e-mail para que você nos forneça seu endereço para que seja enviado o prêmio.

Agradecemos a todos pela participação e até o próximo sorteio.

Valeu!!

Inimigos não Mandam Flores - entrevista com Cristina Prochaska


A entrevista Inteirativa de Setembro é com a nossa querida e talentosíssima atriz, Cristina Prochaska.

Paulistana de nascimento, carioca de coração e cidadã do mundo por opção.
Atriz, jornalista, radialista, produtora e...técnica de futebol.

No teatro, sua grande paixão, Cristina encenou e/ou produziu 23 espetáculos, como Mephisto, direção de José Wilker e Intensa Magia, de Maria Adelaide Amaral. Esta semana estreou no Rio a peça "Os Inimigos não Mandam Flores".


Cristina, quando você começou sua carreira como atriz?
Com 11 anos já fazia teatro amador no clube Pinheiros em São Paulo. Em 1981 fui contratada pela TV Bandeirantes onde trabalhei em várias novelas.


Mas você atuou como jornalista também, não?
Sim, fui também apresentadora na TV Bandeirantes e radialista na Band FM. Gosto muito de rádio e sinto falta até hoje. Na Band FM em 84, fiz um programa de rock "Momento Rock". Acho que adoraria poder fazer rádio de novo. Em 85 fui ser apresentadora do Programa de Domingo, na TV Manchete. Lá também fui produtora e dei continuidade a minha carreira de atriz.

Seu trabalho na Globo começou quando?
Em 1987 quando fui convidada para interpretar um dos principais personagens de Direito de Amar, de Walter Negrão. Com o sucesso da novela, engatei vários trabalhos e fiquei na emissora por quase 15 anos, atuando em novelas, minisséries, programas humorísticos. Mas na Globo também tive oportunidade de continuar fazendo locuções e reportagens especiais para o Fantástico e o Vídeo Show.

Como é o seu envolvimento com o cinema?
Já fiz mais de dez filmes de ficção e documentários e estendi minha participação apresentando, no Telecine, o programa Por falar em Cinema. Já fiz produção também quando produzi com Ricardo Pinto e Silva o longa "Querido Estranho".


Você morou fora do Brasil um tempo. Foi um projeto pessoal ou profissional? Como foi essa experiência?
Fiquei 4 anos na Califórnia. Opção pessoal , eu precisava reciclar, mudar, redirecionar minha vida. Eu sou meio cigana, busco o novo sempre, conheci meu (ex-) marido americano e fui...pois é. E fiquei bons anos por lá. Trabalhei como técnica de futebol e treinei times de vôlei femininos. Achei que seria importante para minha filha Nina (18 anos agora) sair um pouco daqui, achei que seria importante para ela esta experiência de uma cultura diferente, um país diferente, uma língua nova. E foi. Fiz por ela também.


Você também jogou futebol profissional?
Não. Mas sou torcedora profissional. São Paulina de carne, pele e osso. ROXA! Amo esse jogo. Assisto e acompanho o futebol.

Como você concilia ser uma mulher empresária na área de catering, as outras atividades profissionais, e ser mãe?
A gente tem que se virar. Sempre gostei de cozinhar, paixão herdada de família. Percebia por experiência que a hora da alimentação nos sets de filmagens, tanto de cinema como de publicidade, sempre era um problema para as produções. Resolvi unir o útil ao necessário. Senti que havia espaço no mercado brasileiro para a abertura de um catering especializado na produção de alimentação em sets de filmagem. Estou um pouco afastada agora por causa do teatro mas retomo em breve. Amo poder fazer mimos para a equipe, que sempre trabalha muito duro e este é o momento onde a equipe relaxa, se une e precisa ser bem alimentada e tratada com carinho.


Meu lado "produtora" sempre me cutuca. Adoro a área de produção de cinema e teatro. Catering é um braço da produção e hoje em dia já se assume que é essencial para o andamento da produção toda. A gente alimenta não só barriguinhas. A gente alimenta um time que tem que estar bem para jogar junto e aguentar as horas exaustivas e longas das produções. Catering exige uma logística insana e muito séria. Não é só comida, não é restaurante ambulante. Exige muito conhecimento tanto do lado de produção como pela manutenção e transporte dos alimentos. Filmar em locação, no meio do mato, no meio da rua, dificulta e é um desafio constante. Gosto muito. Mas fica difícil fazer tudo né?


Você hoje faz mais teatro do que televisão. Porquê?
Questão de oportunidade. Adoraria fazer mais televisão. Mas os produtores de elenco e diretores de televisão raramente vão ao teatro... Você faz televisão se estiver na mídia, e só fica na mídia se estiver fazendo televisão. Uma loucura, mas é assim mesmo. Já foi ao contrário. Eu fazia mais televisão. Aí viajei e tenho que voltar. Voltar aos 49 (anos) do segundo tempo não é mole. Mas acredito que o fato de estar fazendo tantas peças, eu consiga retornar. Gosto muito de TV também, e já fiz de quase tudo, apresentei programas, produzi, fiz jornalismo, trabalhei em meu próprio programa, novelas , mini séries. OHHHH GENTE VOLTEI


Você estreou essa semana a peça "Os Inimigos não Mandam Flores". Conta um pouco...
Fui convidada pela Diretora Maria Pia Sconamiglio, mas quem me indicou foi o Anselmo Vasconcellos, meu amigo de muitos anos mas nosso primeiro trabalho juntos. Quando li o texto já sabia que era prá mim mesmo. Adoro a "Silvia " , foi doloroso o 'nascimento' dela, ela é muito diferente de mim, não temos nada em comum, então 'dar passagem' à ela foi um processo de busca interior e dedicação intensa.

Eu já havia feito uma peça do Pedro Bloch no início da carreira, "Dona Xepa" adoro o Pedro Bloch. Poder resgatar esse autor tão importante me deixa muito honrada. O Bloch é de extrema importância para a dramaturgia brasileira e merece mais reconhecimento.

Seu recado, frase, conselho, para as mulheres Inteirativas desse blog:
É preciso estarmos sempre preparadas para nos re-inventar. Colar os caquinhos e fazer de nós mesmas um maravilhoso mosaico. Somos o que escolhemos ser.


INIMIGOS NÃO MANDAM FLORES

Teatro Solar de Botafogo

Sexta e sábado às 21h30 e domingo às 20h30

Fim de Semana


No Rio de Janeiro

Bienal do Livro
Lançamento do livro de Marcia da Luz, "O Sonho de Dila", agora em linguagem teatral.

Um programa para levar as crianças, já que o mesmo é destinado ao público infantil.

Sábado - 16h - Pavilhão 4 - Verde, Rua Q - estande 17 - RioCentro

João Pinheiro na Sala Baden Powell - Copacabana


Neste sábado e domingo, João Pinheiro - sucesso absoluto com seu cd JOÃO CANTA SADE - faz show com a cantora Manu Santos, na Sala Baden Powell, com o repertório do LP "Chico & Bethânia", (aquela maravilha gravada ao vivo no canecão, em 1975).

Detalhe: no domingo o ingresso custará R$1,00 (UM REAL!!!!).

Dia 12 (sábado) às 20h | R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 13 (domingo) às 18h | R$ 1,00

Sala Baden Powell - Av. N. Sra. Copacabana, 360| Metrô Arcoverde

Domingo: "Bate Papo em Paquetá"

O Projeto é uma realização da Comissão de Cultura da AMAPAQUETÁ, com o objetivo de reinserção de Paquetá no calendário cultural da cidade.

Acontece todo segundo domingo do mês, com palestrantes e mediadores num bar, regado a pastéis de camarão, siri, cervas e sucos de cana de açúcar, mais conhecidos como cachaça.

O próximo bate papo será 13 de setembro, com o artista plástico José Carlos Menezes, falando sobre O Desenho da Música - A artes plásticas na MPB.

José Carlos é cenógrafo, autor de cenários de Oswaldo Montenegro e de outros artistas da MPB, criador de quase todas as capas dos discos da dupla João Bosco e Aldir Blanc, de Clementina de Jesus, Nei Lopes e outros artistas, e no carnaval promove o Bloco das Burrinhas.

Local: Bar do Zaru, na esquina das ruas Príncipe Regente e Dr.Lacerda, bem próximo a estação das barcas.

Horário: 12h - A barca que sai do Rio é às 10:30 h e chega às 11:30 h. E 30 minutos para molhar a palavra com uma gelada, provar os pastéis de camarão e siri (especialidades da casa) ou provar outros quitutes do Cardápio da Tia Leleta.

Entrada Franca

Em São Paulo

Segunda mostra do ciclo de fotografia contemporânea - DA BELEZA TRANSFIGURADA.

Participam desta segunda mostra os fotógrafos Cris Bierrenbach, Eliana Bordin, João Castilho, Roberta Dabdab, Breno Rotatori, Leonardo Ramadinha, Jair Lanes e Penna Prearo.

Sábados das 10 às 17h, na Micasa - Rua Estados Unidos, 2.109, Jardim América, SP

BISBILHOTAGEM EM FAMILÍA

Letícia Jost Lins e Silva

Todos já ouvimos falar, senão sentimos na própria pele, que estamos vivendo em um estado policial. Medidas de quebra de sigilo telefônico e de dados em geral proliferam nos procedimentos de natureza criminal, transformando em regra o que deveria ser exceção. Intimidade e privacidade viraram artigos de luxo para quem ainda lhes dá importância. Isto não é novidade.

A novidade é que a bisbilhotagem chegou e se instalou no ambiente familiar, tendo, como principal alvo, crianças e adolescentes. Aqui, a “proteção” destes é o que constitui o tal “fim” que justificaria o “meio”: a irrestrita vigilância dos pimpolhos em suas atividades “internéticas”.

As sugestões são as mais variadas: computadores só devem ser instalados em áreas comuns da residência; tenham as senhas de seus filhos; façam incursões diárias nos sítios de relacionamento deles. Sem nenhum pudor, monitorem, monitorem e monitorem! A justificativa é comum: é preciso protegê-los e, neste caso, os fins justificam os meios.

Será? Tenho dúvidas.

Não sei se, por vincos da profissão de Advogada ou pela educação liberal que tive a sorte de receber de família, esta “bisbilhotagem”, encarada de forma tão natural entre pais e educadores, tem provocado em mim um certo desconforto, mesmo compreendendo a boa intenção da maioria de seus autores.

A mim parece que este tipo de vigilância, além de não servir aos fins que a justificariam, só tem aumentado a distância entre pais e filhos e tornado ainda mais rara uma prática que, embora mais trabalhosa, sempre me pareceu mais digna, ética e saudável em termos de educação: a prática da conversa aberta e franca. Acreditem: não há saída fora do diálogo.

Agir sorrateiramente, trair a confiança de um jovem, invadir a sua privacidade são atitudes que só servirão para infantilizá-lo, diminuindo-lhe a capacidade de pensar e agir com responsabilidade. Jovens irresponsáveis são como balas perdidas. Ninguém controla. Não tenham esta ilusão.

A confiança que os nossos filhos depositam em nós não deve ser menosprezada e não merece ser traída, em qualquer circunstância. Privacidade e intimidade são direitos de todos, mesmo dos mais jovens. Respeitar estes direitos e tomar o caminho do diálogo aberto é o melhor exemplo que podemos dar aos nossos filhos e a melhor maneira de protegê-los.

OS COSTUMES ESTÃO MUDANDO.....

Os noivos de mãos dadas e ao som de Mendelssohn com as fisionomias serenas e alegres passaram pelo tapete vermelho até chegarem ao local onde seria oficializada a cerimônia religiosa do casamento.

Todo o evento foi cuidadosamente organizado e os convidados se esmeraram nos trajes.

Não faltou luxo e beleza para ornamentar àquela bela união, e, me parece, que parte da sociedade pernambucana estava lá, prestigiando o casamento de dois mancebos (como diria Machado de Assis, em seus romances).

É isso mesmo dois homens tornaram público e oficializaram o seu casamento no mês de setembro do ano de 2009, no Estado de Pernambuco, “terra macho sim sinhô” como cantam, também, os sanfoneiros de lá...

Os costumes mudaram.... e nós temos que nos adequar procurando entender que o ser humano só quer viver feliz, nada mais.

Viva os noivos!!

Foto de Tom Cabral

Clique aqui para ver o vídeo da cerimônia.

Jornada técnica sobre Química Cosmética

Vai acontecer em Niterói/RJ a primeira jornada técnica sobre Química Cosmética aplicada à Tricologia e Corte, no dia 28 de setembro.

O curso, que será ministrado por Yuri Ornelas, um dos maiores especialistas em terapia capilar cosmetológica, e por Silas Lagos, especialista em visagismo e designer e arquitetura do corte, tem como público-alvo cabelereiros e profissionais que atuam no mercado de estética.

O evento, promovido pela Bellkey (http://www.bellkey.com.br/), será realizado no Hotel Tio Sam em Camboinhas, das 9h às 18h e custa R$ 75,00.

Informações com Kadu Monteiro pelos telefones (21) 2264-6870, (21) 9112-2916 ou pelo e-mail kaducabelo@yahoo.com.br

Antecipamos a data do sorteio para o dia 12/09 (sábado)

Participe!

Ganhe um Kit Fashion - 3 cobre jarras e copos em filó bordado com cristais.

Inscrições até o dia: 11/09/2009, às 23 horas.

Resultado: 12/09/2009.

Veja as regras clicando aqui.

POEMA CURTO DE EMOÇÃO GRANDE

Cláudia Alencar

Saudades não se mata.

Nem ela mata a gente.

Ela fica num canto quieta

e de repente salta certa.

Aí a gente sente.

Saudade é o amor acrobata.

Para Rir Um Pouco

O tema da redação do Enem 2009 foi Aquecimento Global. E como acontece todo ano, não faltaram preciosidades. Leitores, tampem o nariz e façam o sinal da cruz porque a coisa tá feia e o bicho tá pegando entre nossos estudantes. Lá vão as pérolas:


1) "o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta." (percussão e sopro. Vai ficar animado)

2) "A amazônia é explorada de forma piedosa." (tenha piedade de nós. amém)

3) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar planeta." (tamo junto nessa. Mais juntos, impossível)

4) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu." (e na velocidade 5!)

5) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta." (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação." (um exagero de pleonasmo)

7) "Espero que o desmatamento seja instinto." (selvagem)

8) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo."(verdadeiro milagre da vida e da reprodução)

9) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (fiquei emocionado com sua resposta)

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis." (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e plantar uma árvore renovável)

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas." (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd's da coleção do Chaves)

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (amém)

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (e as renováveis?, e as artificiais?)

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (deve ser culpa da morte ecológica)

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (ilastimável, sua resposta)

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia." (dois fezes dois é igual a uma diarréia mental)

18) "Paremos e reflitemos." (beleza)

19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas." (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

20) "Retirada claudestina de árvores." (jean claude van damme resolverá este caso)

21) "Temos que criar leis legais contra isso." (muito bacana sua idéia)

22) "A camada de ozonel." (Chris O'Zonnell?)

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.." (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)

24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração." (sem coração, sem pulmão e sem cérebro)

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável." (campeão da categoria "maior enchedor de lingüiça)

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (NÃO!)

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises." (gênio da matemática)

28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dosgovernantes”(red bull neles - dizem as árvores)

29) "O povo amazônico está sendo usado como bote xpiatório" (sem remo e sem timoneiro)

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando." (subindo! subindo!subindo!)

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc." (leão amazônico, urso amazônico,...)

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (din-din pra gente)

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta Amazônia”(hein ?)

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (em algum lugar do passado, sua anta amazônica)

Marcos Sacramento - grátis quarta na hora do almoço


Homenagem a Carmen Miranda

dia 9 de setembro

Local: Academia Brasileira de Letras

Av. Presidente Wilson, 203 - Centro - Rio de Janeiro

12h30

entrada franca

Imperdível!


05/09/09

Sônia Araripe

Há um ano que tento assistir a peça "Tom & Vinícus - O Musical". Mas sempre tinha alguma "desculpa" para não conseguir ir.
Enfim, ontem, finalmente fomos lá.
Uma beleza! Delicadez, lindeza.
Mesmo.
Para quem viveu ou nem viveu a Bossa Nova.
Maria Lúcia, querida, você vai amar!
Eu que só peguei a "rebarba" daqueles belos anos por conta dos pais e irmãos mais velhos fiquei encantada;
Ao meu lado, Bella e Juju, na flor da idade, também vibraram.

Daqueles espetáculos para guardar na memória.
Sabe a Broadway? Não fica nada a dever: com a vantagem que não tem aquele suntuosismo, beirando a cafonice, dos grandes shows americanos.
Simples, mas emocionante. Uma beleza....
Vou dar só highlights porque ainda fica uma semana em cartaz (Teatro das Artes/ Shopping da Gávea) e vou deixar vcs com água na boca para irem:

- Thelmo Fernandes está sen-sa-cionallllllll como Vinícius;
- Marcelo Serrado não compromete como Tonzinho (como o Poetinha o chamava), mas fica ofuscado pelo brilho do companheiro nem tão badalado a nível "global". Ponto para sua dedicação ao piano e para a música Garota de Ipanema;
- Música ao vivo (yes), com conjunto jovem da melhor qualidade;
- Um coro de músicos de dar nó em pingo`água. A cantora que representa Dolores Duran é ma-ra-vilhooooosa. Também o cantor que, logo no início, vive o sambista Haroldo Costa;
- Cenário, coreografia e figurinos (leia mais abaixo) muito acertados;

Enfim, um programa imperdível.

p.s. Duas boas notícias. Tem matinê na quinta e mesmo quem for de noite como nós, começa bem no horário e termina 23h, em tempo de ir para casa sem susto.

Todos os detalhes


05/09/09
Nota 10 para os figurinos da peça, assinados por Marcelo Pies.
Li no site da peça que ele criou 150 figurinos e acessórios especialmente para esta produção.
Uma riqueza de detalhes. Uma lindeza de bom gosto.
Vi a minha mãe em Ipanema, anos 50/60, com aquele maiôs recatados que você também usou, não é, Maria Lúcia?
E o meu pai com camisas tipo polo, só que La Coste e as de linho, manga curta, com bordado, quase um galão. Acho que ele tem uma até hoje!
Tudo no lugar. Uma beleza mesmo. Lembrei dos Zippos que meu pai abria com um estalar de dedos (felizmente deixou de fumar há 20 anos depois de toda uma vida no fumacê).
As saias e vestidos das moças parecem da Isabela Capeto.
E os figurinos finais, homenageando a dupla, todos em preto e branco, inesquecíves! (Sônia Araripe)

Nota zero


05/09/09

Como dizia o Evandro Mesquita nos nossos bons tempos (ih, isso denuncia a idade, rsos), tava tudo muito bom, tava tudo muito bem, mas realmente......

Meu povo, como é que pode?

Os banheiros do SHOPPING DA GÁVEA (do lado do Teatro das Artes) estavam imundooooooos.

Deixa eu repetir, Maria Lúcia, porque você não vai acreditar: imundooooooos. Sujinhos da Silva. Ih, outra que denuncia idade: Angel, Cécil, vocês se lembram do Sujismundo?

Prá turminha mais nova eu posto aqui a imagem da figurinha "simpática" que sujava tudo e a campanha procurava ensinar a criançada a importância da limpeza.

Em tempos de gripe suína, de álcool gel na bolsa, as lindinhas de plantão ficaram horrorizadas com o que viram. Sei que os do cinema do Espaço Vivo - ali mesmo no Shopping - são um estouro de limpeza. Mas com a peça começando quem ia ter tempo de ir para o outro andar?

Topam fazer um ranking dos banheiros públicos mais limpinhos do Rio? Pronto, já posto o meu voto: Shopping Leblon. Lindos, limpinhos da Silva e com camareiras que mais parecem saídas de um livro da Agatha Christie. Ah! Os do Theatro Municipal também eram bárbaros. Não sei se vão continuar tão bons quanto ou até melhores após a reforma.

UP TO DATE TOTAL

Ana Cecília Vidaurre

A companhia que faz os produtos biodegradáveis é a www.taterware.com. 'Tater' e uma gíria, o mesmo que potato. Taters=Potatoes. Tem produtos de milho, cana e batata. A embalagem/container da foto para inserir a comida e os talheres são feitos de batata, ou seja,totalmente biodegradáveis. Até o plástico e o guardanapo também são!!!

A garrafa é a mais nova green technology porque não contém BPAs, que são resíduos que o plástico deixa escapar nos líquidos. É associado à mudança no estrogênio (em mulheres) e também ataca células nervosas que causam câncer. Parece que agora vão fazer copinhos e mamadeiras de bebês assim.

2º SORTEIO DO INTEIRATIVA!!

Desta vez será sorteado o Kit Fashion - 3 cobre jarras e copos em filó bordado com cristais.

Queremos alegrar e dar um toque de delicadeza à decoração de sua mesa.

Regras Para Participar do Sorteio:

- Morar no Brasil, ou ter um endereço no Brasil para enviar o prêmio caso seja a ganhadora;

- Ser seguidora do blog, não vamos considerar seguidor anônimo (Quem não tem blog basta se cadastra no blogspot para ser seguidor);

- Mandar somente neste post o nome, e.mail, cidade e estado.

Inscrições até o dia: 19/09/2009 (sábado), às 23 horas

Resultado: 21/09/2009

O sorteio será realizado através do Sorteio Virtual Mais.

Atenção: comentários sem nome, sobrenome e e.mail serão deletados.

Quem descumprir alguma das regras será desclassificado.

CIDADE MARAVILHOSA 2 !!!

Dia do Funk - o verdadeiro Back2Black

Por Claudia Zur - texto e fotos

Gente, foi isso que eu vivi ontem à noite. O verdadeiro Back2Black. Uma noite de festa com inclusão e justiça social. E muito black! O plenário da Alerj cheio de gente, como nos velhos tempos, a revogação do preconceito e a criação de uma nova lei que diz que o Funk não é mais caso de polícia e sim da cultura e da educação.

Depois nas ruas, em direção à Lapa numa funkeata, a galera comemorou e terminou a noite com música, batuque e poesia no Circo Voador. Mais uma vitória na batalha por justiça e cidadania pra quem do Estado só leva porrada.

E não é que eu adorei baile funk?