Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








setembro 16, 2009

Hoje no blog da Carolina Arêas, terapeuta floral, ela faz a seguinte pergunta:

“Você convive com alguém que costuma te absorver? Ou que acredita que você sempre está disponível para lhe dar atenção, ouvir seus problemas e preocupações? Esta pessoa entra em sua vida sem pedir licença e nunca se preocupa em perguntar se você está ocupada, se você está interessada ou ao menos se você está bem?”

A Carolina indica o floral Heather “que traz paz interior e o entendimento que estar preenchido e pleno de amor é algo que começa em nós mesmos e não no outro”.

Eu me lembrei de várias pessoas com quem já convivi. E você leitor, já esbarrou com pessoas assim?

7 comentários:

Anônimo disse...

Tenho topado cada um sabe o que faço? invento um drama muito maior e caio fora.

Maria Lúcia Poyares disse...

A vida está tão complicada e as pessoas precisam de um "ouvido" para desabafar.
Eu escuto.... simplesmente escuto.

Carolina Arêas disse...

Ei, Monica,

Há quanto tempo!

Adorei me ver aqui....

Beijos!!

Carolina Arêas disse...

Maria Lúcia,

O post cita os excessos.

Desabafar é necessário e faz bem. Mas monopolizar a atenção do outro é bem diferente.

Um beijo!

Grazi Aronovich disse...

Mas bah!vivo convivendo c pessoas assim..mas fazer o que? elas são carentes em excesso!o negócio é aprender com delicadeza a não se deixar sugar demais.

Mariangela disse...

siiiiimmmmmmmmmmmmm.

Valeria Ferrari disse...

Tu tá falando de mim né amiga....(a carapuça serviu). Bjs. Valeria