Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








Meteram a boca no trompone e fizeram a diferença.

Semana passada o ator Mario Bortolotto foi ferido a tiros quando bebia com amigos após uma apresentação teatral na Praça Roosevelt em Sampa. Falta de segurança, ruas escuras, promessas não cumpridas e outros problemas que já conhecemos. O que houve de diferente foi a reação das pessoas que puseram a boca no trombone. Pessoas que sentiram seu cotidiano e suas vidas diretamente afetados e que decidiram reagir e dizer "NÃO ACEITO". Um diretor teatral (me desculpem, não lembro o nome) declarou que "não podemos ter medo de ladrão...se nós tomarmos a rua e a responsabilidade em nossas mãos, isso acaba". Outra frequentadora disse: "não podemos nos deixar vencer". Chamaram a mídia que se importa e contagiaram a cidade. Entre eles o da Resultado: Praça Roosevelt supera tiros contra dramaturgo e aguarda início de obras de reurbanização.

A praça tem vida, história e identidade própria.

Parece que agora o projeto sai do papel.

Eu confesso que não sou boa em levantar movimentos, mas são eles que realmente têm trazido resultados positivos para a sociedade. Parabéns a galera que se moveu tão bem em tão pouco tempo.

3 comentários:

Dri Viaro disse...

se todos fizessem isso e as coisas realmente saissem do papel teríamos uma cidade bem melhor
bjs

Anônimo disse...

Os estudantes em Brasilia estão começando e se organizar e esses movimentos estudantis são início de perigo.
Os deputados parecem apreensivos e que se cuidem...

Anônimo disse...

a união faz a força