Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








2010 – O Re-inicio

Cláudia Alencar

Hoje, ano novo, re-faço meu altar

Levo minha oração para o mar.

Calma despejo assombros da alma

Persistindo, insistindo, resistindo

Re-inventando meu navegar.


Hoje, ano novo, re-nasço de mim.

Tranqüila como o mar

Parto e volto no mesmo lugar.

Abissal como o oceano

Conheço mundos sem viajar.

Diplomata como a água

Sou silêncios e sons no sussurrar.


Hoje, ano novo, re-ergo meu Ser

Como maga de sonhos e ideais

Sabendo-me humilde cordeiro

Comando corajosa o timão do navio

Cônscia que só os bons marinheiros

Só se fazem em mares bravios.

2 comentários:

Zeze disse...

Lindo! Tudo que eu precisava "ouvir" hoje. Peço permissão para publicá-lo no meu blog. bj

Maria José disse...

http://my.opera.com/Mariazeze/blog/2010