Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








maio 19, 2009

O lixo e a fome, dois dos maiores problemas mundiais.Como diminuí-los?

É impressionante, quando constatamos que somos parte de uma realidade mundial tão antagônica!

Os dois maiores problemas mundiais e longe de uma solução são as duas pontas de um sistema: a fome, que é o maior fator de mortes e o lixo, maior fator de doenças, contaminações, tragédias ecológicas, etc.

E no meio destes extremos o desperdício de alimentos, que o nosso Brasil é um dos primeiros da lista. Chega a dar arrepios e uma certa angústia: como resolver isto?

Como tudo que é mega, se os minis fizerem sua parte, o mega vai diminuir, diminuir e quem sabe um dia se equilibrar.

Nós podemos fazer nossa parte sim pra diminuir a fome e o lixo!

Pra diminuir a fome ao redor, basta comprar somente os alimentos que vamos realmente consumir e se por acaso sobrar, dar para as pessoas menos favorecidas ao nosso redor. Desta maneira, menos pessoas estarão passando necessidades a partir de nosso dividir.

Aqui em casa funciona assim a cadeia: se tem algo que não será consumido dia seguinte, ofereço a faxineira. Se ela não quiser, o próximo é um dos porteiros. Havendo negativa, coloco num recipiente e dou uma volta na quadra e encontro algum pedinte que vai se alimentar. Posso dizer que a sensação de não desperdiçar é muito gratificante, e mais ainda é ver a carinha de quem levou aquela comida. Não tem preço!

Quanto ao lixo, a velha receita de separá-lo em lixo seco e lixo molhado. Lixo seco são os recicláveis-papel, plástico, vidro, lata, etc. Lixo molhado é tudo que é orgânico - comida, bebida, fruta.
Em casa, só vai pro sacão de lixo o que é resto de comida. O resto fica separado em outra sacolinha pendurada logo acima do outro lixo. Juro que não é nada complicado e a gente se sente bem mais aliviada, quando vê o caminhão de coleta seletiva passando e você sabe que sua contribuição está ali.

Se todas nós conseguirmos realizar esta liçãozinha de casa e repassarmos ela pra amigos, filhos, tios, amigos dos amigos, etc... A corrente sistêmica de aumento da fome e do lixo começa a ser quebrada e um dia as coisas poderão mudar. Infelizmente, mágicas não acontecem e parte de estar neste mundo é melhorá-lo sempre. É uma pequena contribuição? É, mas é muito significativa e bastante inteirativa como nós!

Um comentário:

Maria Lúcia Poyares disse...

Grazzi
vamos fazer nossa parte ficando atentas. bjs