Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








Yoani Sánchez - Uma blogueira de primeira

por Mariangela Buchala
Quando fui convidada a colaborar no INTEIRATIVA me senti muito feliz (e confesso até privilegiada) de poder trocar com outras mulheres pensamentos, sentimentos, idéias que permeiam o universo feminino. Tantos temas, tantos assuntos onde por escolha ou não, viramos “inteirativistas”. Após o aceite me preparei para colocar no ar meu primeiro texto. Mas o que dizer de primeira? O que compartilhar de mais significativo para me apresentar? Muitas coisas, mas diante do desafio optei por me recolher e abrir alas para uma mulher que tem muito a nos dizer, uma mulher que tem feito a diferença em seu pais: Yoani Sánchez, uma blogueira de primeira.
Nascida em Havana, Cuba, Yoani estudou em uma escola rural onde escondia nas roupas íntimas o que sobrava das refeições. Formou-se pela Faculdade de Artes e Letras de Havana, com especialização em filologia hispânica e literatura latino-americana. Com a permissão do governo, deixou Cuba em 2002 juntamente com seu marido (um bom jornalista que após uma crítica a Fidel se tornou um ex-bom jornalista). Dois anos depois decidiu voltar, mas trazia na mala a convicção de que iria tentar fazer alguma coisa. A primeira coisa que fez foi uma revista. Depois um portal na internet (www.desdecuba.com) e finalmente o seu blog que estreou em abril do ano passado hospedado em um provedor na Alemanha. Não é fácil ser blogueira em Cuba.
Mas Yoani transformou seu blog num dos mais visitados em todo o mundo. Com mensagens irônicas, outras vezes diretas, seja através de textos, arte nos muros, ou qualquer outra expressão da vida cubana, Yoani comunica seu protesto e convoca o mundo através do seu blog. Sem liberdade de expressão, se veste de turista e vai até um hotel onde cumprimenta o porteiro num bom alemão, e descarrega seu pen drive num computador para turistas. Em janeiro deste ano, o site alcançou 1 milhão de visitas às suas páginas. Em março, 4 milhões. São pessoas de todo o mundo, incluindo Cuba, onde o governo tenta bloqueá-lo quase sempre sem sucesso. Foi incluída na revista Times na lista das 100 mulheres mais influentes de 2008. Representa hoje uma nova Cuba. Uma geração que não é mais nem contra nem a favor, mas que deposita seus desejos e esperanças no período que está por vir. E que ela sabe, virá.
Yoani Sánchez recebeu o prêmio Ortega Y Gasset de Jornalismo, pelo trabalho que vem realizando em seu blog, Generación Y, mas não pode recebê-lo – o governo de Cuba proibiu que fosse a Madri.

Mas a força de Yoani está na sua certeza de que tudo está mudando.
“Talvez as autoridades temessem que essa viagem pudesse me destacar muito”, refletiu Yaoni. “Com a negativa da viagem, estão reconhecendo que eu existo”. E como existe.

Vale a visita para conhecer Yaoni: http://desdecuba.com/generaciony

Hasta la vista

6 comentários:

Anônimo disse...

nossa, que linda essa mulher. entrei no site dela e há muita força mesmo. obrigada pela dica.

DENISE disse...

QUE RAÇA TEM ESSA MULHER.... OBRIGADA POR TER ME APRESENTADO A YOANI SANCHEZ, UMA DAS TANTAS QUE LUTAM PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO EM PAÍSES OPRESSORES.
Denise

Anônimo disse...

imperdível...valeu pela informação. São mulheres assim que nos inspiram - a sermos nós mesmas.

Anônimo disse...

BELA INFORMAÇÃO. ENTREI NO BLOG E NA REVISTA ELETRONICA TEM MUITA INFORMAÇAO SOBRE AS ATIVIDADES CULTURAIS DE CUBA. MUITO INTERESSANTE A GENTE SABER QUE UMA MULHER PODE MOVIMENTAR TANTO.

Anônimo disse...

já tinha ouvido falar dela mas não sabia como encontrar. Valeu

Anônimo disse...

inspirador