Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








fevereiro 12, 2010

Lembranças de Carnaval/ Mangueira teu cenário é uma beleza


Vamos postar nossas melhores lembranças de Carnavais passados?
Maria Lúcia tem, é claro, a melhor história.
Angel vai postar. Já saiu até no Globo, um chiquê só.

A minha não é uma história de amor....
É um caso de amor, digamos assim.

Sempre fui Mangueira roxaaaaaa. Mesmo.
Casei com um mangueirense ainda mais fanático.
Vimos vários Carnavais da Mangueira.
Nunca desfilamos porque gostamos mesmo é de pular, gritar e sambar até cair no chão.
Porém, nenhuuuuma emoção foi maior do que um show inesquecível que vimos na quadra da Escola, lá no Buraco Quente mesmo, há uns 15 anos ou mais.
Organizada por paulistas, mas gente da granfa, do bufunfa, dos cascalhos.
Tudo chiqueza e no finesse mesmo, como se fala por lá.
Gentem, foi tuuuuuudo de bom!
E desculpem por ficar repetindo assim as letras, mas é prá dar a dimensão mesmo da emoção.
Estivemos com Dona Zica, Dona Neuma, Jamelão, Carlos Cachaça, Alcione, Carlinhos de Jesus e quem mais, quem mais.....todos, vai, todos da verde-e-rosa.
Mas o melhor, Mari, ainda está por vir.
Começou o ziriguidum e a turma mais vip tentando dançar.
Mas paulistas, Mari - com todo respeito, sei que não é o seu caso e de uma turma grande - mas diversos, vai, os mais quadrados, vai, não são lá muito chegados no ritmo.
Estavam lá tentando... mas naquele micão total.
Aí, entramos na quadra.
Tocava aquela samba tradicional para esquentar a quadra:
"Mangueira teu cenário é uma beleza....."
E lá fomos nós, eu e maridão.
Só prá mostrar que éramos da gema. Emocionados.
Gentem! Fico até arrepiada. Carlinhos de Jesus veio sambar comigo e uma mulatona daquelas maravilhosas, deusa da natureza com o maridão.
A paulistada fez aquela rodinha, sabe como é?. Todos batendo palma em volta. Nem sei o que fizemos. Deve ter sido uma vergonha. Imagina... Os detalhes eu não lembro de tão nervosa que fiquei.
Jesus me abana!
Sorry, não tenho clique porque máquinha digital num era ainda fácil naquela época.
Mas aconteceu, meninas e meninos.
Eu juro! Com estes olhinhos que brilham nos tons verde-e-rosa.

Bom Carnaval para todos e todas!
Aguardo suas histórias!

p.s. Ah! Claro, estamos torcendo pela Mangueira, mas também pela nossa União da Ilha, de volta ao Primeiro Grupo, que vem com um enredo lindo sobre Dom Quixote, traduzido pela beleza da arte de Rosa Magalhães!

3 comentários:

Maria Lúcia Poyares disse...

Soninha:
então seu maridão além de mangueirense,tem samba no pé?
prá mim é quase perfeito... parabéns!!!

Mariangela Buchala disse...

kkk Soninha, a gente tenta aprender...mas não é mesmo o forte da terrinha. Mas lembranças do carnaval,fico com Joãozinho Trinta e o Cristo coberto que foi censurado e que entrou na avenida coberto com uma faixa "mesmo proibido, olhai por nós". bj

Mônica Angeleas disse...

Mas que calor, ôôôô...
Minha história de vida começa exatamente no carnaval qdo mamãe e papai se conheceram no baile do Flamengo. E claro que adoro essa festa profana!!! rsrsrsr
Amiga, apesar do meu filho ser mangueirense como vc, eu sou Ilha!! Já desfilei 2 vezes e amei!!
Vamos aguardar a apuração e ver quem ganha esse campeonato!
Bjs