Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








novembro 25, 2009

EU sem nós...

Cláudia Alencar


Não adianta eu dizer: - não, quando você me diz:- sim

o meu não, se revela do avesso, quando você me faz assim.

Fico esperando quem? se tenho você em mim?

Não era melhor me deixar partir?

Ah, nós.

tão sós.

Olha pro meu coração e veja a judiação:

- Você está comigo, mas sem ir nem vir...

Não é feito de amar esse nosso mar.

Fico sem jeito, te vendo, vivendo sem nós

Ah, nós

tão sós.

Não está direito esse acerto

- feito calça sem cós, mamulenga, feito jeito de quenga-

Te querer e meu coração nesse aperto:

- Eu vivendo solta, mas você com ele na boca.

Meu ser se perde por inteiro preso em nossos nós de marinheiro.

E como ultimo presente desse nosso amor ausente

Te dou meu pé direito só de mim e só de si

E como brinde

te dou minha sombra

que é o que sou pra ti.

2 comentários:

Grazi Aronovich disse...

que lindo!!!!!!!!!!!!!

Soninha disse...

Claudia

Como sempre, maravilhooooooso!
bj