Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








outubro 14, 2009

Exposição de animais selvagens no Jardim Botânico do Rio: vale mesmo ver de perto


14/10/09

LEGENDA DA FOTO: LUCIANO CANDISANI/ CI

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro recebe a exposição fotográfica “Floresça! Imagens da Fronteira da Conservação”, de 15 de outubro a 9 de novembro de 2009. O evento é organizado pela BG Brasil, parte do BG Group, e a ONG Conservação Internacional (CI). A mostra, que foi inaugurada em Londres, na Inglaterra, em setembro deste ano, expõe exemplos de belos cenários da natureza e ressalta que o bem-estar entre os seres humanos e o mundo natural é indissociável. A exposição estará aberta todos os dias, das 8h às 17h, com entrada gratuita.

A “Aliança Conservação em Foco”, projeto desenvolvido em parceria pelo BG Group e a CI, é dedicada a documentar pessoas, lugares e animais selvagens em áreas-chave de biodiversidade. As fotografias que compõem a mostra foram produzidas durante expedições financiadas pelo BG Group e lideradas pela CI.

A exposição demonstra o poder das imagens na preservação da vida na Terra e na manutenção da biodiversidade global. Exemplos de projetos de conservação que visam o desenvolvimento sustentável são explicados nas legendas que acompanham fotos de plantação de café, escoamento de água e florestas preservadas.

A exposição – Os visitantes vão participar de uma viagem virtual, começando no Pantanal brasileiro, passando pelas paisagens da Indonésia e África Central. Um programa educativo guia os visitantes, além de trazer curiosidades e informações das expedições fotográficas e de cada região fotografada. Um sapo venenoso azul, encontrado na Calha Norte, no Pará, e o filhote de gorila Kabila, órfão aos três meses na República Democrática do Congo, dividem espaço com o ecossistema de recife de corais de Abrolhos e os baobás da Passarela dos Baobás, em Madagáscar.

"Vivemos um momento crítico da história do planeta, nossas decisões vão afetar a vida de milhões de pessoas e a sobrevivência de milhares de plantas e animais. A parceria com o BG Group nos permite utilizar a fotografia como uma ferramenta para a conservação da incrível biodiversidade e culturas destacadas na exposição", afirma Russell A. Mittermeier, presidente da Conservação Internacional.

Nelson Silva, presidente da BG Brasil, disse: “A parceria com a CI está ajudando a aumentar a consciência da importância do nosso mundo natural. Entendemos que nossa atividade empresarial pode ter um impacto sobre o meio ambiente e estamos empenhados em contribuir para protegê-lo.”

A exposição apresenta entre outras imagens, fotos tiradas no Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica pelo premiado fotógrafo Luciano Candisani, membro associado da Liga Internacional de Fotógrafos da Conservação (ILCP) e da National Geographic Brasil. Luciano disse: “A fotografia é uma ferramenta de interpretação da natureza. A minha busca não é por retratos de animais ou paisagens isoladamente. O que procuro evocar é a forte ligação entre as espécies e seu ambiente. Acredito que essa é uma forma de trazer uma questão muito importante para conservação da biodiversidade: a perda do habitat e o isolamento cada vez mais acentuado das áreas protegidas.”



SERVIÇO

“Floresça! Imagens da Fronteira da Conservação”

Local: Jardim Botânico do Rio de Janeiro – Centro de Visitantes

Endereço: Rua Jardim Botânico, 1.008

Data: 15 de outubro a 9 de novembro

Horário: 8h às 17h

Entrada gratuita

Nenhum comentário: