Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








julho 07, 2009

PAZ, NADA MAIS

Amigas como sinto o INTEIRATIVA um blog democrático me arrisco a um desabafo, esperando que vocês me entendam.

O assunto Michael Jackson, no meu entender, para os americanos não acaba nunca e se transformou em um grande negócio para eles e parece, para nós também.

É notícia da morte, organização de funeral, testamento, com quem ficam as crianças, nem sei mais o que, e por vai.

Para ele que preservava tanto sua privacidade...

Está demais.

Era o Michael um grande e sensível artista? Claro, não temos dúvida.

Um ser humano sofrido e problemático? Parece que sim.

Enfrentou barreiras incríveis como maus tratos paternos, preconceitos raciais, acusação de pedofobia, uniões desfeitas, entre outras, e chegou lá atingindo a meta determinada? VENCEU.

É o Rei do Pop e o seu movimento corporal e musical dificilmente será esquecido.

Católicos, ortodoxos, espíritas, protestantes, muçulmanos e devotos de outras religiões, com certeza, já rezaram por ele.

Os ateus elevaram um pensamento de respeito.

Agora ele só precisa de PAZ, nada mais.

7 comentários:

Mariangela disse...

Concordo com você Lúcia, isso virou um grande show. Mas acho que entre tudo isso houve também muita alegria que a obra dele trouxe. Que fique em paz na alegria! bjbj

Anônimo disse...

Ele sendo o grande sucesso que é (era) e os americanos sendo o povo que são ($$$) não é de se admirar que até o funeral seja um mega evento lucrativo e teatral.

Anônimo disse...

Excelente sacação, Maria Lúcia.
Concordo totalmente com você.
Muita Paz para que ele possa descansar.

Grazi Aronovich disse...

Concordo plenamente. ei ia escrever sobre isto. basta de tanto bussiness em cima dele. como disse a Elizabeth Taylor, sua grande amiga:"isto parece um circo!". faço minha suas palavras. bjos

Ana Cecília Vidaurre disse...

Lucinha, tb concordo.
Sempre privou os filhos da exposição e ontem estavam todos tão expostos...
Os irmãos não derramavam uma lágrima...
O pai não ousou em levantar da cadeira...
Um show gospel, tudo dentro da tradição negra do Harlem.
E ele ali.
PAZ!

Anônimo disse...

Todos da familia sempre se lixaram uns pros outros. Estavam todos vestidos de gangsteres.

Anônimo disse...

Assistindo as cenas do show, quer dizer velório, do MJ fiquei com sensação de que a qualquer momento o caixão iria abrir e ele sairia cantando Thriller e dançando Moonwalk. Só faltava isto, não é verdade?
José Roberto