Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








janeiro 22, 2009

Pequenas considerações sobre afeto

Claudia Alencar

Para mim amor é construção depois da paixão, que envolve fundação, argamassas, esqueletos, músculos, risos, pele, tempo, inteligência, tranquilidade, alegria, tempo, tesão, concessões, evolução, realidade, fantasia e outros elementos magicos que se entrelaçam com respeito, tempo e admiração. Há contentamento e tristeza.

Paixão e infatuate é a fanatsia que você veste no ser amado, doce ilusão, maya, coração que bate mais forte, mexe a camiseta que a gente veste, você não domina, corpo que esquenta todo e você se surpreende a aceita sem saber porque, suor nas mãos involuntário, timidez que nunca esteve presente e se faz dona e senhora da hora, sonhos, risos à toa, e essa bela palavra: feitiço. Enfeitiçado. Há alegria e dor.

Um comentário:

Mariangela Buchala disse...

bem descrito...amar e conviver é uma prática.