Dedicado às mulheres inteiras e ativas de todas as idades, cores e formas. Mulheres que interagem e abraçam a vida como der, puder e vier.
Sempre desejadas!








janeiro 31, 2009

Campanha Italiana grosseira contra a mulher

Voces viram este alvoroço todo pela campanha grosseira de uma marca italiana que mostra modelos sendo abusadas com violência por policiais supostamente da PM do Rio?
Então, o problema maior ninguém falou:não é a PM do Rio e sim a violência contra a mulher sendo estimulada numa campanha publicitária mundial! É uma vergonhosa maneira de fazer com que a garotada sonhe em ser estuprada por um policial?
Deve ser, num pais onde o primeiro ministro, diz que nada pode fazer contra o alto indice de estupros"pois as meninas são tentadoras nas ruas",pode-se esperar qualquer desvio de conduta.
Nós, aqui do terceiro mundo, que estamos presentes nesta campanha com clones de policiais e com nossa maravilhosa natureza,é que temos que protestar: chega de tanto aviltar a imagem das mulheres e do nosso Brasil !
Eles que vão fazer piadinhas e fantasias sexuais com as montanhas de lixo lá de Napole...até parece que a Italia tem uma polícia muito correta.
Não precisavam ter gastado tanto dinheiro pra fazer a campanha aqui, lá eles são pródigos em corruptos em várias áreas de poder.
Que coisa mais feia!

janeiro 30, 2009

Por onde anda?


Sônia Araripe

Esta é do baú mesmo.
Eis que ouço aqui na rádio (prefiro MPB) "Frevo Mulher", música que embalou bons tempos meus, seus, nossos. Cantada pela grande Amelinha.
Fiquei curiosa...
Por onde andará Amelinha?
Para quem não sabe, figura de primeiríssima, voz linda, interpretação idem, nordestina cabra da peste mesmo.

Achei!Santo Google, claro!
Está bem, bonitona, vejam só na foto.

Isabel Capaverde, nossa especialista no jet set cultural, sabe disso como das vitórias do Inter em Porto Alegre tchau: a mídia, a trupe cultural só tem espaço cativo pros empacotados. Pros novos. Pros que rendem $$$ucesso, claro.
E aí vão surgindo novos e sumindo os bons e .... experientes.
Nem vamos dizer velhos que isso é palavra banida SEMPRE de nosso dicionário.
E nem precisa de reforma ortográfica, claro.
Não aparecem mais. Não gravam novas músicas. Não tocam mais.

Leiam mais sobre ela neste link.

Mas peraí:a notícia é de 2005.Como pode?
Socorro! Nem a internet tem espaço para algo mais recente ...
É, Mon e Cecil, quem souber algo mais recente posta aqui.

Deixo aberta a seção de por onde anda.
Alguém lembra de outro bom nome sumido?

Abuso de poder

30/01/09

Ana Cecília Almeida

Essa semana, no dia 28, o famoso médio Dr. Roger Abdelmassih publicou um artigo na Folha em defesa própria.
As acusações de assédio que ele vem sofrendo parece que são todas mentirosas, injustas, como ele mesmo disse. Muito bem escrito, envolvendo um amigo cadeirante no sinal e tudo, dá até para acreditar nele e no seu sentimento, salvo alguns descrentes como eu.
Será que as 30 mulheres que o acusaram estavam mentindo?? Inventaram pra quê?
Dr. Roger está na mídia há muitos anos. Já pode reverter a vasectomia do Pelé e fez nascer outras 8.000 crianças, mas parece que gosta muito de mulher. E da mulher dos outros.
Além disso, fico pensando no poder que um homem desse acha que tem nas mãos.O poder de conseguir engravidar tantas mulheres, tornar a vida delas mais feliz, mas querendo um troco, ao menos um beijo dentro do próprio conssultório.
É uma pena que um médico tão conceituado fique com a fama de tarado...
Amigas, meu pc pifou, por isso estou fora do ar....
Aproveitei que vim no salão colorir os poucos cabelos brancos que tenho, e entrei na internet. Pois é, aqui em vez de revistas de celebridades e fofocas, tem 2 laptops e uma estante com livros. Chique né??? Beijos.

janeiro 27, 2009

VOZ JUDIA PELA PAZ

Eles são jovens israelenses que se negam a ir para o exercito daquele país quando completam 18 anos.

Eles acreditam que precisam conviver e discutir a situação com os irmãos palestinos e não matá-los a qualquer custo. Por esta razão, o governo de Israel manda estes meninos e meninas para a prisão militar, tirando o direito deles a vida democrática.

O Movimento chama-se"december 18th" e eles se denominam Shministim-que em hebraico significa jovens prestes a acabar a escola em fase de alistamento militar.

Existe uma campanha mundial pela libertação destes jovens. É só acessar o site"http://december18th.org/" e completar os dados em email para o governo de Israel.
Vamos abraçar esta campanha pelo futuro mundial de nossos jovens que merecem a liberdade e a democracia, estejam aonde estiverem.

Shalom Israel, agora e sempre, para dentro ou para fora de seu território, Shalom!

janeiro 26, 2009

O desperdicio nosso de cada dia tem que acabar!


Semana passada, saiu uma pesquisa mundial e o resultado é terrivel para nós brasileiros:somos os campões mundiais em desperdicio de alimentos!!!

Que vergonha, né minha gente?

Pois bem, acho que tudo começa em casa: educação, respeito, mudança de hábitos,etc.

Aqui em casa não sobra nada e não é dificil de se planejar não,viu?

É só pensar bem antes de sair para comprar no hortifruti ou no supermercado.

Façam uma lista e vejam somente o que realmente precisam.

Quando algum alimento está de bobeira na geladeira e vejo que ninguém vai comer, ele vai para a faxineira levar para casa, para o porteiro num lanche ou ainda, faço um sanduba ou um prato e levo até um mendigo na rua. Assim, a gente não enche o lixo de comidas que seriam aproveitadas pelos famintos deste pais e ainda faz uma ação que deixa a gente se sentindo um pouquinho melhor como ser humano.

As frutas mais caidinhas, viram suco, salada de frutas, vitamina ou compota.

As verduras meio 'desmaiadas"um belo refogado ou um quiche .

Existem mil maneiras da gente não fazer parte deste triste roll e ainda ir aos poucos mudando os nossos amigos e conhecidos, que vão mudar os seus outros amigos e conhecidos e assim em algum momento, o pais inverterá esta estatística absurda.

Mãos a obra moçada e que novas ideias apareçam para aproveitarmos a comida dando de comer.

Beijinhos de monte, que estes só melhoram qualquer estado de espirito ou estomago.

janeiro 22, 2009


O Curioso Caso de Benjamin Button

Fui assistir ao filme ontem, e achei muito bom mesmo. Adorei, embora longo (3h), você nem sente o tempo passar. É um drama baseado no conto escrito por F. Scott Fitzgerald, que narra a história de Benjamin Button - interpretado por Brad Pitt, um homem que nasce com 80 anos e na medida em que os anos vão passando, começa a rejuvenescer. Benjamin conhece o amor aos 50 anos de idade quando se apaixona por uma mulher mais jovem, interpretada por Cate Blanchett.



Scott Feiner & Pandeiro Jazz

Minha amiga Perola Girotto, que trabalha na Revista Piauí, mandou um email, sugerindo um show que deve ser ótimo:

Queridos,
O Scott, além de grande amigo, ex-roomate, é um excelente músico! Vão assistir! O show é excelentes !!! Se não der para assistir ao vivo, comprem e ouçam os Cds ou MP3 no link abaixo. Grande beijo! Pérola

Quer comprar o CD ou mp3s? »

Pequenas considerações sobre afeto

Claudia Alencar

Para mim amor é construção depois da paixão, que envolve fundação, argamassas, esqueletos, músculos, risos, pele, tempo, inteligência, tranquilidade, alegria, tempo, tesão, concessões, evolução, realidade, fantasia e outros elementos magicos que se entrelaçam com respeito, tempo e admiração. Há contentamento e tristeza.

Paixão e infatuate é a fanatsia que você veste no ser amado, doce ilusão, maya, coração que bate mais forte, mexe a camiseta que a gente veste, você não domina, corpo que esquenta todo e você se surpreende a aceita sem saber porque, suor nas mãos involuntário, timidez que nunca esteve presente e se faz dona e senhora da hora, sonhos, risos à toa, e essa bela palavra: feitiço. Enfeitiçado. Há alegria e dor.

O Amor e o Poder

Sim, finalmente vemos um presidente que olha e trata sua mulher com amor e desejo!
Sim, e eles são o casal mais poderoso do mundo capitalista: os Obama transbordam cumplicidade, sensualidade, desejo e delicadeza no trato um com o outro.
Sempre achei que, homens que não são felizes em suas relações pessoais, não podem querer o bem de sua nação e de outras. Descontam no poder seu mais profundo recalque pessoal.
Pode parecer besteira, mas acho que é um elemento fundamental na plenitude: para se ter clareza em lidar com o mundo, temos que primeiro ter tranquilidade interior.
E como é gratificante, além de todas as mudanças que Obama significa pra a sociedade mundial, vê-lo feliz ao lado de sua amada.
Uhuuuu! O Amor pode sim vencer e conviver no poder de uma maneira complementar!
Pode ser romantismo, ser sonhadora...mas a expressão "sim, nós podemos"tem cada vez mais vertentes positivas.
God save the Obamas love and ours too!

janeiro 19, 2009

Tocada - Claudia Alencar



Toca tua carne

Cerne
Esparramo arrepios e delícias visuais
Sua pele acetinada no chão manteiga
Amanteigando-se
Me
Te
Amo
Mete amor
Temo te
Amo te
E assim
Amo
Vibro e estremeço com a alegria dessa alegria
Travestida de tristeza
Melancolia de ser só
Como essa nota linda


Linda de dar dó.
De novo ela toca, toca em meu corpo
E vai das coxas ao peito
Rosnando baixinho, em vibrato quente
Entrando em minhas vísceras, estomagos, ossos, tímpanos
Pele
Vem em fogo e pára no coração
Pula, puxa, tapa, espreme, aperta, envolve
E dá

Toca, toca em mim nota

Estrela noturna de séculos atrás
Música!
Se não fosse, também, por você
Música!
Eu não acharia graça, nem motivo
Nem pra quê
Nem porque
Nem querer
Por você
Por meus filhos
Pela minha Arte
Por meus amigos
E pelo encontro do amor.
A Sonata toca, toca em dó maior
E a vida se torna bela
Quando encontro comigo vendo de fora meu dentro
Falando com uma e com outra
Depois de ter visto e vivido
As coisas simples da vida
Sendo eu Sou e todos que te ouvem
agradeço agora a Beethoven
(que além de tudo, foi um cara bonito demais)
E à sua "Clair de Lune"
Agradeço
Aos séculos que nos separam e que neste momentum
Nos reúnem
Formando e confirmando
Que na vida
Somos todos diversos
E ao mesmo tempo
UM.

janeiro 16, 2009

A benção do Bomfim a todos

Vim a Salvador pra uma semaninha de descanso e reencontro com os queridos amigos que fiz nos anos que aqui vivi . Vim também para agradecer a cura e colocar nas mãos dos Orixás e dos Deuses sábios, a compreensão pelo o que a vida me apresentar.
Num lindo alvorescer de céu azul, nos encaminhamos para a igreja da Conceição da praia, que fica alí em frente ao mercado modelo. Dalí sai o cortejo até a colina do Nosso Senhor do Bomfim.
São oito kilometros de alegria, comunhão, onde vamos repassando nossa vida em "flash backs"interrompidos pela emoção de quase um milhão de pessoas, que como eu, estavam ali por alguma razão especial, mesmo que somente a fé naquele Santo.
A chegada à colina sagrada é emocionante. Brotam lágrimas, e a felicidade e celebração da vida se fazem muito fortes neste momento.
O silêncio em volta da igreja é incrível e todos rezam e amarram as fitinhas ou acendem velas em agradecimento ou pedidos ao Santo.
É uma esperiência de fé e nada tem a ver com esta ou aquela religião. É um momento de herança da simplicidade que ainda somos capazes de viver.
Algo bem distante do patético show dos políticos e seus cabos eleitorais, que a poucos metros se empurravam em meio a multidão, no intuito de garantir votos para o próximo pleito.
Eu, se ainda votasse aqui, jamais daria meu voto aqueles desrespeitosos invasores da festa da fé.
Mas, nem estas ridiculas cenas, conseguiram interromper a delicadeza do momento que levarei comigo pro resto da vida.
Divido com todos as bençãos e boas vibrações: paz,saude e amor a todos!
Axé, pai Oxalá!

janeiro 15, 2009

"A Favorita" down (parte 2, final)

Não é dia de malhação de Judas, mas final de novela é assim mesmo. Cláudia Alencar, nossa companheira de Inteirativa, que entende bem deste riscado e dá show de interpretação e nas poesias, sabe disso. É hora do público jogar na balança o que foi bom e o que não deixou saudades.

Fazemos aqui nossa pequenina lista do que desceu ladeira abaixo em "A Favorita". Esperando também os novos comentários - a favor e contra, por favor:

1. Excesso de merchandising. Foi totalmente over! Hoje a mãe fez as pazes com a filha que comemorou tanta felicidade passando creme da Natura. Socorro!
2. O núcleo pobre da novela estava chatérrimo. Todos. Cassiano era tão previsível, tão bonzinho que nem ele mesmo se aguentou. A Catarina mudou tanto que nem deve se reconhecer no espelho na hora de pentear o cabelo! E o que é aquele verdureiro com uma megatatuagem de tubarão no braço em uma cidade que nem praia tem e revelou outro dia ser do interior do Paraná???
3. Maria do Céu foi mocinha da quermesse, garota da Prado Júnior e profissional da Photo em uma só novela. Os sotaques iam e vinham....
4. Pobre do Raul Seixas! Poderia ter inspirado um Augusto César mais convincente
5. Aquele prefeito foi de doer. Idem a senhora esposa Madalena arrependida. Alguém sentirá saudades do papel triplo da Giullia Gam, tadinha, como guerrilheira/mãe omissa e traficante?
6. O político corrupto foi o ÚNICO da história brasielira que foi preso e para piorar ainda se regenerou da noite pro dia
7. A Cláudia Raia bem que se esforçou, mas foi uma mera coadjuvante. E estava caipira demais. Até que cantou bem. Mas a tal dupla com 20 discos gravados só sabia "Beijinho doce"?
8. As profissionais da casa da Cilene estiveram fraquíssimas
9. A fumacinha branca na fábrica não parou de sair todos os dias
10. Terminou, gente, terminou. Quem sentirá saudades?

"A Favorita" up (parte 1)


Sônia Araripe

Vamos aproveitar mais um capítulo eletrizante da novela para comentar os últimos momentos de "A favorita".

Quem se lembra de "Atração fatal"? Patrícia Pilar está totalmente aquela personagem, não é? Até o olhar.

Mas lembra também a Nazaré e suas tesouradas e tantas outras doidas e psicopatas que já povoaram as novelas e filmes.

Vamos listar aqui quem esteve para cima, em destaque, na nossa super humilde opinião. Aguardamos comentários, a favor e, pricipalmente, contra!

1. Patrícia Pilar esteve bárbara como Flora serial killer. Irretocável. Até mesmo quando não cantou nada. Ciro já tem sua primeiríssima dama
2. Silveirinha na pele do fantástico Ary Fontoura. Um coadjuvante em grande estilo. Genial!
3. Porque não? Dodi sim! Um canastrão engraçado, enrolado. Nota 10 pro figurino e prás falas dele. Chamar o Silverinha de Tia Anastácia foi genial!
4. Para um quase estreante, Emanuel Carneiro abafou
5. Elisângela, já falamos dela antes, no dia 7 de outubro do ano passado(se quiser conferir, é só voltar na setinha ali embaixo para postagens mais antigas até chegar nesta data). Nossa musa desde os tempos do Capitão Furacão, leiam aqui mesmo. Merece ser aplaudida de pé.
6. A Lara, na pele de Mariana Ximenes, foi inconstante. Uns dias bons, outros piores, alguns inesquecíveis. Foi destaque pela média
7. O bonitão do Halley-cometa-com-boca-de-príncipe também não pode ser esquecido. Fez bem mais do que só deixar um rosto lindo na telinha
8. Chamou mesmo a atenção o papel do menino Lenin Shiva (ou é Shiva Lenin?). Simplório e emocionante
9. Pode parecer tolo, mas foi honesto e romântico o encontro de gerações do primeiro casal de galãs da Globo - Glória e Tarcísio. Bem honesto
10. Gonçalo também deixou sua marca, na bela interpretação de Mauro Mendonça

Fashion 2

15/01/09

Puxa, não demos sorte, Angel e Cecil, de ter o Sebastian de motorista. O vimos lá, mas o motorista era outro. Também simpático, mas menos famoso (aliás, o evento além de ter perdido o charme de anos passados, está também carente de famosos).

Interessante, vocês devem ter notado, a preocupação com a sustentabilidade do evento.

O tal carrinho é elétrico.

Latas de lixo recicladas. Material reciclado reaproveitado até nas roupas.

Vou também preparar com calma um overview sobre o que vi lá de sustentável e posto aqui.

janeiro 14, 2009

Direto do Fashion Rio

Nossa entrada não poderia ter sido melhor. Fomos recepcionadas pelo Sebastian, do Abuse e Use C&A, lembram? Ele virou motorista da marca e os levou até o Espaço copacabana onde fomos assistir ao desfile da Tessuti. O ator se tornou atração à parte dirigindo o caminho que transporta os convidados. Ele é super simpático!!
Depois conto minhas observações sobre o desfile.

janeiro 13, 2009

BASTA ISRAEL, BASTA!!!!!!!!!!!!!!





É impressionante a impunidade, o desrespeito a falta de qualquer aceitação do clamor mundial!Israel continua sua invasão e tentativa de aniquilamento da nação Palestina.Até quando ninguém fará nada mais drástico para parar estes assasinos de estado?
Claro, até a posse de Barack Obama eles tem carta branca do velho rapina George Bush.
E a ONU? Mais uma vez faz um joguinho de cena e não toma atitudes drásticas.
Assim como a comunidade europeia. Que vergonha pro mundo, que vergonha pra um pais que nasceu da vergonha da monstruosidade do Holocausto, praticar uma monstruosa covardia assassina refazendo a história do holocausto só que agora a seu favor.
Como se diz vergonha em israelence? e assassinos como se diz?como se diz BASTA!?
Nós, cidadãos do bem só sabemos como se diz paz.
Shalom Israel, em respeito a dignidade dos que morreram no primeiro Holocausto e dos que morrem todo dia no holocausto que voces praticam.

Fashion Rio

Vou hoje pela primeira vez ao Fashion Rio, que esse ano acontece na Marina da Glória.
Vamos eu e Ana Cecília assistir ao lançamento das tendências para o inverno 2009.
Ficaremos atentas a tudo para contar depois.

janeiro 08, 2009

MAYSA, simplesmente MAYSA

Vivi intensamente a geração MAYSA, embalada pelos mesmos sonhos e sofrendo os mesmos desencantos, onde suas canções eram nosso refúgio secreto. No ano de 1951 quando Maysa explodiu com seu comportamento nada convencional, nós, mulheres apesar de já termos conquistado a independência para exercer tarefas fora de casa ainda mentíamos atitudes submissas em relação ao amor.
MAYSA, cantora visceral, com a paixão estampada no olhar, quebrando tabus comportamentais, incentivou, tenho certeza, muitas mulheres nesse Brasil afora.
Foi a época de Luz del Fuego, nua e enrolada em uma cobra na famosa Ilha do Sol, de sua propriedade onde a nudez era exigida.
E Leila Diniz defendendo o amor livre?
Outras e outras, muitas anônimas brotavam.
Partíamos para a luta contra a submissão!!!
Em vista de todo esse meu entusiasmo, em reviver aqueles momentos, querida Soninha, o que comentar?
Exceto alguns deslizes da direção, como a morosidade nas cenas, o consumo excessivo do cigarro, o close repetitivo do olhar de MAYSA e outras coisinhas mais, considero a minissérie um sucesso.

janeiro 07, 2009

Ainda, Maysa

Soninha é isso mesmo. Também tô adorando!! Tive uma tia que imitava a Maysa!!! Ela por coincidência se chamava Ma(r)iza, e queria ser artista, mas uma doença cardíaca não permitiu. Então estou me deleitando e voltando no tempo em que era criança e a presença das duas foi tão marcante.

janeiro 06, 2009

Maysa


06/01/09
Sônia Araripe

Esta, certamente, quem entende mesmo do traçado é Maria Lúcia. Quando me dei por gente, Maysa, dos belos olhos verdes, penetrantes e tristes, já estava quase morrendo. Lembro bem mesmo do acidente na Ponte Rio-Niterói.

Mas as músicas, a história, a beleza são sempre eternas.

Fiquei acordada, mesmo quando os olhinhos, miúdos e castanhos, já teimavam em fechar. Valeu a pena.

Vou citar só alguns pontos e deixar a Maria Lúcia analisar os pormenores com calma.

Em alta

- Uma beleza a reprodução de época. Estava tudo lá, do figurino ao cenário, até os sons e cheiros
- Linda também a jovem atriz Larissa Maciel. Gaúcha feito a nossa Bel Capaverde. Hipnotizante
- Também bem impressionante o ator no papel de André Matarazzo
- Interessantes as idas e vindas na cronologia. Mas quem estava desatento ficou meio perdido
- Foi mesmo impressionante a dublagem da moça Larissa da voz original de Maysa. Parecia verdade!
- Lindos os diálogos, os poemas. São verdadeiros: Manoel Carlos leu diários e cartas pessoais
- Direção do filho Jayme Monjardim impecável
- Linda a recriação da São Paulo dos tempos áureos. Idem do Rio dos anos 50/60
- Espetacular também a Veneza recriada nos bons tempos

Em baixa

- Os mesmos atores fazem papel de jovens e também de mais velhos. Maysa aparece com 13, com 15 e depois com 40 e tantos
- Idem o marido, sempre careca
- Os diálogos, o som estava estranho. Parecia abafado
- O ritmo do primeiro capítulo foi um pouco arrastado demais. Deu sono
- Algumas horas parecia teatro e não minisérie
- Ela falou em computador! Como assim?
- Totalmente over alguns detalhes, como a Brasília andando, com recriação em computador no acidente da Ponte. Também os cigarros. Está certo que eram muitos. Mas até parecia ator principal!
- Meio mal explicado: os pais eram artistas e viviam bem mesmo. Deve ser verídico, mas faltou uma explicação. Também um irmão que surgiu do nada, já no meio do capítulo

janeiro 01, 2009

Que o momento se prolongue em 2009

Ah, eu quero que 2009 seja delicado, belo, suave e languido como as cores, desenhos, e sensações que os fogos de artíficio nos proporcionam naqueles poucos minutos de uma passagem de ano.

O borbulhar da champanhe nos acompanhe nos momentos de encantamento do amor, fazendo cócegas em nosso espirito e embalando nossos sonhos com felizes, até eles se tornarem nossa realidade.

Que as pessoas mirem umas as outras como no instante em que se desejam desprotegidas bons votos de ano novo.

Que se respeitem e comunguem como na noite de celebração, lado a lado quase dois milhões, convivendo como pessoas normais-sem medo, sem preconceitos, sem violencia, na mais profunda paz e alegria.

Eu quero não mais ter que só sonhar com tudo isso e poder acordar e viver um mundo mais livre e humano.

A delicadeza e a beleza do momento de ano novo, provam que é possível ser assim...Sim, nós podemos!